segunda-feira, 21 de abril de 2014

Aracati. Preso o terror do Bairro do Pedregal.

Foto capturada do Facebook
Sexta feira (18), populares do bairro do Pedregal fizeram a captura do arrombador de residências conhecido por Gaspar. Populares do bairro disseram através do Facebook que foi um furdunço só na Rua Bonito, até porque Gaspar levou sozinho,  peia que dava para distribuir pra dez jumentos.

Dois dias antes, por pouco a polícia não o pegou quando acabara de roubar uma Igreja Evangélica quando subtraiu um aparelho de som. Ele não tem preferência religiosa, pois segundo moradores a igreja católica também já havia sido assaltada por ele.  CONTINUE LENDO
No dia que levou o cacete ele já havia feito sua visita pela Vila Grega. A galera afirma que “Gaspar não quer se ajeitar”, então será triste o fim!

Agora os moradores estão divididos em opinião. Pelo menos a juventude pelo Facebook em sua maioria está lamentando a forma como Gaspar foi imobilizado. Já os pais de família estão gratos porque quase todos temiam chegar em casa e encontrar a família em situação de risco. Resta saber se agora o “terror do Pedregal”  vai ficar um bom tempo na cadeia refletindo sobre a vida que não lhe proporcionará futuro se continuar como estava,  ou se Gaspar dará um descanso por muito tempo para a população retomar o fôlego.


Quando menor, presenciou morte trágica do irmão quando furtavam

No dia 24 de julho de 2010 ainda menor de idade Gaspar presenciou seu irmão, o também menor Carlos André Gentil Arruda 17 anos o 'Carlinhos', morrer de forma trágica no final de tarde de sábado quando os irmãos parceiros de furtos no bairro Pedregal, tentavam furtar algumas varas de ferro de uma antiga construção onde funcionava uma empresa de sal próximo a ponte JK na BR-304 no município de Aracati.

O menor de 17 anos estava sobre uma mureta quando batia contra fendas de uma laje de concreto quando a mesma cedeu caindo sobre seu corpo que ficou esmagado entre as paredes de concreto.

Segundo informações de um PM do Corpo de Bombeiros a 'virga' pode ter atingido o rapaz com peso aproximado em duas toneladas. Já naquele ano de 2010, os dois tinham vários registros de ocorrências por pequenos furtos no bairro em que moravam. A mãe dos garotos quando soube do acontecido passou mal e desmaiou ela foi socorrida pela equipe de resgate da Guarda municipal de Aracati.


Pelo visto, nada foi feito para que o então menor de idade Gaspar fosse recuperado ou então, adentrar ao mundo do crime deve ser da índole da pessoa. Mas, todos nós sabemos que não devemos combater a violência com violência, porém o grande problema é que a população também não aguenta mais essas leis brasileiras que nem recupera e muito menos pune a quem aterroriza as comunidades. A surra que Gaspar levou em seu próprio bairro já é fruto do que vem acontecendo Brasil afora. Infelizmente a população já começa a fazer justiça com as próprias mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário