domingo, 13 de abril de 2014

Escândalo: Uruburetama paga R$ 376 mil/ano para pai de prefeito ficar à disposição do Município

A Prefeitura de Uruburetama pagou, em 2013, à Secretaria da Fazenda do Estado, a importância de R$ 376.653,68 para ter o servidor Luiz Vladeirton Oliveira de Queiroz à disposição do Município. Vladeirton é pai do atual prefeito de Uruburetama, Luiz Vladeirton Oliveira de Queiroz Filho, conhecido por Vasconcelos Neto (PSD).

O valor da despesa anual está no portal da transparência do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e deu subsídio para os vereadores Manoel Hélio (PDT) e Carlos Eduardo (PMDB) apresentarem requerimento à Câmara Municipal com pedido de informações à Prefeitura. O requerimento foi, ainda, subscrito pelos vereadores Alexandre Nery (PPS), Maria Stela (PPS) e Ricardo Barroso (PT). LEIA MAIS
A cada mês, o Município de Uruburetama faz o ressarcimento ao Governo do Estado para manter em seus quadros o pai do atual prefeito. O custo mensal é de R$ 28.973,36. Com o 13º pago em 2013, o valor anual, que o Município repassou para o Governo do Estado, foi de R$ 376.653,68.

Segundo os vereadores, o pagamento é escândalo porque o município passa por dificuldades financeiras e a população se queixa da falta de medicamentos para quem sofre com problemas de pressão alta e diabetes.

‘’É um verdadeiro descaso com a população. Muitos pais de famílias sonham em receber um salário mínimo, mas a Prefeitura alega que não pode pagar esse valor. Agora, para beneficiar o pai do prefeito, a Prefeitura paga esse valor astronômico por mês, que supera a casa dos R$ 28.000,00’’, desabafou o vereador Alexandre Nery, que cobra medidas do TCM e do Ministério Público Estadual contra esse abuso.

Compilado de


Nenhum comentário:

Postar um comentário