quarta-feira, 16 de abril de 2014

Policiais de Aracati evitam fuga em massa de presidiários após rebelião

  
Nesta terça feira 15/04 por volta das 11:00hs, aconteceu mais uma rebelião que tirou sossego de moradores da vizinhança e dos próprios policiais que tiveram que fazer vigilância por todo o entorno da cadeia pública de Aracati. Os policiais inclusive chegaram a efetuar vários disparos para conter o risco iminente de uma fuga em massa. CONTINUE LENDO E VEJA MAIS DETALHES E FOTOS DA REBELIÃO
Após fuga de um preso e capturado em seguida às margens da BR 304, amotinados atearam fogo em colchão e destruíram todas as celas. Policiais civis e militares prontamente compareceram ao local que é totalmente inadequado para detenção de prisioneiros devido a falta de estrutura física por abrigar atualmente 107 presos quando a capacidade seria de apenas trinta.

Além das viaturas da Guarda Municipal, POG, RONDA,  BPtur, Corpo de Bombeiros de Aracati e ambulância com socorristas do município, o comando de policiamento local solicitou reforço junto a secretaria de segurança pública através do Batalhão de Choque e somente por volta das 22 horas o reforço policial realizou a  transferência dos presos que chegaram a destruir todas as celas onde estavam amontoados.

Pelo menos três presos passaram mal e precisaram ser escoltados para atendimento médico no Hospital Dr. Eduardo Dias Na foto, um preso passou mal e recebeu os primeiros socorros ainda no local seguindo para melhor avaliação no HMED.
 
pelo menos três presidiários foram levados ao HMED para receber cuidados médicos
O prédio que deveria abrigar apenas trinta detentos sofre com superlotação e conta atualmente com 107 pessoas, que amotinados quebraram paredes e celas danificando todo o prédio

Nenhum comentário:

Postar um comentário