terça-feira, 20 de maio de 2014

Plano de Manejo de Canoa Quebrada visa proteção ambiental

Os Governos federal, estadual e municipal e a sociedade civil se reuniram durante todo o dia deste terça-feira (20), durante a Oficina de Planejamento Participativo para discutir o plano de manejo da área de proteção ambiental (APA) de Canoa Quebrada, que aconteceu no auditório da Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada (Asdecq).

Estiveram presentes representantes do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente do Governo do Estado do Ceará (Conpam), do Patrimônio da União, do Ibama, representantes do Governo Municipal de Aracati e moradores das localidades de Cumbe, Canavieira, Beirada e Canoa Quebrada. CONTINUE LENDO
De acordo com o gestor da APA e coordenador de meio-ambiente do município de Aracati Fábio Mineiro, o objetivo do encontro foi identificar os problemas, as potencialidades e visão de futuro daquela região em relação a preservação do meio ambiente “Focando o problema podemos apontar as soluções em várias áreas, como de acessibilidade, sinalização, regulamentação fundiária que vai desde de Canoa Quebrada à Foz do Rio Jaguaribe”, apontou Mineiro.

Na ocasião membros da empresa STCP Engenharia e Projetos Ltda, que ganhou a licitação para elaborar o plano de manejo de Canoa ouviu os moradores das localidades acima citadas para a elaboração do plano. “É importante que os moradores saibam como interagir com o meio ambiente, buscando uma exploração de forma sustentável e prezando sempre a preservação”, completou.


O gestor da APA disse ainda que esse é o segundo encontro com o objetivo de discutir a área de proteção de Canoa Quebrada. O encontro segue até amanhã com a participação dos secretários municipais.

FONTE: ASCOM/ARACATI

Nenhum comentário:

Postar um comentário