quarta-feira, 9 de julho de 2014

Buscas ao menino Lucas são encerradas, mas polícia continuará investigando caso

Pela manhã, o delegado ouviu parentes e vizinhos do menino Lucas. (Foto: Folha de Aracati)

Após quase 48h do desaparecimento do menino Lucas, ocorrido na comunidade do Córrego da Priscila, em Aracati, as equipes de buscas coordenadas pelo Corpo de Bombeiros encerraram a procura na tarde desta terça-feira (8). O caso agora continua com o trabalho de investigação e inteligência da Polícia Civil de Aracati. LEIA MAIS
Em entrevista ao site da Folha de Aracati, o delegado Tony Pinheiro lembrou que a polícia não irá descansar enquanto não der uma resposta satisfatória à família do garoto e a população do município. “O caso não se encerra, o caso só se encerra quando encontrarmos o paradeiro da criança, sua localização, mas as buscas estão encerradas momentaneamente”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, foi realizada uma varredura completa em toda a área apontada na segunda-feira e na manhã desta terça-feira, mas nenhum vestígio foi encontrado. “Utilizamos cães farejadores, mergulhadores da Marinha e nada foi encontrado”, disse.

Com o encerramento das buscas, a polícia trabalhará agora numa etapa de investigações mais aprofundadas. “Iremos trabalhar para sabermos qual o destino que pode ter tomado a criança. Se um rapto ou o próprio desaparecimento em localidades próximas. Tudo isso a gente vai continuar investigando”, disse.

Para o delegado, qualquer informação que possa ajudar nas investigações é importante nesta nova etapa. Questionado se a criança poderia ter sido levada por alguém em função de desavenças com familiares, o delegado disse que nenhuma hipótese é descartada. “Nós não descartamos nada. Hoje já ouvimos cada um dos membros da família, pessoas próximas, pessoas que viram uma criança com as características físicas provável de ser da criança. Enfim, todas elas foram ouvidas na manhã de hoje e outras serão ouvidas no decorrer do dia. Vamos aprofundar cada vez mais a investigação e não vamos descansar até darmos uma satisfação sobre o paradeiro dessa criança”, disse.

As buscas ao menino Lucas foram retomadas por volta das 6h de hoje. Lucas, de apenas 3 anos, estava nu quando desapareceu misteriosamente por volta das 16h30 do domingo (6) enquanto brincava no quintal da avó, Francisca Pereira de Moura. Desde então, parentes e vizinhos faziam buscas pelas redondezas.

ENTENDA O CASO


Na tarde do domingo (6), a dona de casa Regineide Araújo Pereira foi visitar a mãe, Francisca Pereira de Moura, moradora do Córrego da Priscila, em Aracati. À tarde, por volta das 16h30 sentiu a falta do seu filho Lucas Pereira de Queiróz, de apenas 3 anos, que brincava no quintal. Imediatamente os moradores passaram a procurar pelo menino. A busca durou toda a noite de domingo, sem sucesso. Na manhã desta segunda-feira, equipes do Corpo de Bombeiros, auxiliadas por atiradores do Tiro de Guerra e um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (CIOPAER) fizeram buscas no local, mas não encontraram nada. Cães farejadores também auxiliaram nas buscas.

Fonte: FOLHA DE ARACATI

Nenhum comentário:

Postar um comentário