sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Ossada aparente de uma criança achado em matagal a caminho do Cajueiro em Aracati.

* Ossada pode ser de uma criança
Tarde de sexta feira (21/11) de grande movimentação em direção ao caminho que liga a sede do município a comunidade de Cajueiro. A razão de tanta correria e comentários que rapidamente se alastrou pelo município foi devido o achado de uma ossada aparentemente de uma criança encontrada por um rapaz que caçava pelas imediações. Viaturas da Policia Militar e populares foram até o local em busca de resguardar o local a espera que a pericia forense colhesse a ossada humana para trabalho de identificação. CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS
Rapidamente a noticia espalhou dando rumores pela cidade que a ossada encontrada seria do garoto José Lucas de apenas três anos que desapareceu no dia 06/07/14 quando brincava no quintal da casa da avó na comunidade do Córrego da Priscila que fica localizado nas imediações do local do achado da ossada.

Muito provável que a onda de falsa afirmação com ares de “certeza” foram relacionadas ao fato de que as comunidades de Cajueiro e Córrego da Priscila ficam bastante próximas na BR 304 no município de Aracati.

ossada levada a USI
em um balde
O achado

Informações dão conta que o rapaz que fez o achado viu os ossos expostos e espalhados numa vereda, pois o trecho é uma área de passagem de animais e caçadores, então ele entrou em contato com a polícia. Os ossos foram juntados e colocados dentro de um balde e levados a Unidade de Segurança Integrada – USI de Aracati.


Fato curioso

os ossos não estavam enterrado
Ainda na USI juntaram parte da ossada para que tivessem uma ideia aproximada do tamanho do esqueleto e um fato curioso chamou atenção pela ausência do crânio. Segundo informações colhidas pela policia ainda no local do achado da ossada, há cerca de vinte dias um homem teria sido visto naquelas imediações e poderia estar caçando e teria visto um crânio e assim teria levado com ele. A polícia está investigando o caso.

Desde o momento do achado da ossada humana amigos e curiosos tem procurado a familiares do pequeno Lucas em busca de alguma informação. “Não há provas de que seja realmente o Lucas, nosso sofrimento não pode acabar assim, vai ter um final feliz, eu creio! Vamos nos unir novamente em orações em prol do nosso pequeno príncipe... Não, não vai ser. Não aceito um final assim”.  Declarou Rosyane Chaves, prima do garoto Lucas em seu Facebook.


O resultado da pericia pode sair em trinta dias.

* As fotos foram compartilhadas pelo Whatssap

Nenhum comentário:

Postar um comentário