quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Assalto a carro forte em Russas: SSPDS diz que quadrilha presa é composta por empresários



A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirmou na tarde desta quinta-feira, 15, que a quadrilha presa em Russas, após tentativa de assalto a um carro forte, usava “arsenal de guerra”. Com eles foram apreendidas armas de grosso calibre, incluindo duas AK-47 e muita munição. Os presos, segundo a SSPDS, eram empresários, proprietários de madeireiras e postos de combustíveis. Ainda segundo a Polícia, o grupo praticava também crimes de tráfico de drogas e atuavam no Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Rio Grande do Norte. LEIA MAIS
Para você entender

Um grupo foi feito refém e um assaltante baleado após tentativa de roubo, sem sucesso, a carro-forte durante o final da tarde desta quarta-feira (14/01), na BR-116, próximo a cidade de Russas.

Os criminosos estavam em uma camionete Hilux quando interceptaram o carro-forte. Eles usavam colete à prova de balas e escudos. Após tiroteio, eles abandonaram o carro, que possuía sinais de sangue.

A quadrilha, de cerca de cinco pessoas, se refugiou em uma fazenda do município de Russas, onde fez os reféns. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar (PM) cercaram o local.

Durante as negociações, os criminosos chegaram a exigir ambulância e imprensa no local. No entanto, por volta de meia noite, a quadrilha se entregou.

Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário