segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Canto de Feira levou alegria cultural ao Mercado Velho e Quixaba em Aracati

A Secretaria de Turismo e Cultura, do Governo municipal de Aracati, recebeu no sábado (10/01) pela manhã o Grupo Zabumbeiros Cariris, o mesmo circula em todo o estado Ceará, com o projeto CANTO DE FEIRA.  

Esse projeto foi aprovado através da Secretaria Estadual da Cultura do Ceará no modulo da Plataforma de Circulação de Artes Cênicas do Ceará.  O Coordenador de Desenvolvimento do Turismo Teobaldo Silva, acompanhou todo o trabalho feito no mercado público (Mercado Velho) de Aracati.  LEIA MAISA noite o Grupo Zabumbeiros Cariris fez um show especial na praia de Quixaba. O Projeto conta com o apoio do Grupo de Folclore Filhos de Quixaba, Projeto Aquasis e Governo Municipal de Aracati.

Projeto 

O projeto traz intervenção musical e cênica à rotina desses espaços numa mistura de comércio, festa e arte, estabelecendo o encontro entre o fluxo de pessoas que frequentam as feiras tradicionais e mercados com esse grupo de artistas do Cariri cearense que juntos trazem uma calda sonora, de onde se destilam a melodia dos pífanos, viola e rabeca.  

O diálogo se faz através de conversas, causos, poesia, cantos e cantorias dirigidas ao púbico, que participa da vida comercial da cidade a partir do mercado, ponte de encontro da maioria das famílias da cidade ou do interior.  

Zabumbeiros Cariris 

Formado desde outubro de 2002, na cidade de Juazeiro do Norte, e unindo músicos de gerações e influências diferentes, o Grupo Zabumbeiros Cariris desenvolveu seu trabalho musical mergulhado neste vasto imaginário nordestino, ainda preservado nos inúmeros folguedos da cultura popular presentes na região.

Com um repertório autoral, formado por temas instrumentais e canções cujas letras nos remetem a fatos históricos do Cariri, como, por exemplo, a saga do Caldeirão do Beato Zé Lourenço, os Zabumbeiros Cariris apresentam uma música simples e vigorosa, baseada na sonoridade de instrumentos típicos da região, como o zabumba, o pífano e a rabeca.

Fonte: ASCOM/PMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário