terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Continua a polêmica sobre parque de diversões em Aracati

Foto: Emaciel Rodrigues
Nota-se claramente pelasrede social Facebook, que a população aracatiense está dividida quanto a estada do parque durante festividades de São Sebastião neste ano de 2015.

Em 2013, um rapaz foi assassinado meio à multidão no centro da praça Adolfo Caminha (praça da comunicação), outro rapaz foi atingido por uma bala perdida chegando a óbito em Fortaleza e outro ferido na região do abdome. Durante correria meio ao tumulto seis pessoas se queimaram gravemente com óleo fervente para preparo de batatas fritas.
 
Em 2014 os moradores do entorno da praça discordaram sobre a permanência do parque no mesmo local e assim os brinquedos ganharam novo espaço sendo deslocado para as imediações da Igreja Matriz situado na Avenida Dragão do Mar, e por lá novos e lamentáveis acontecimentos. No primeiro, duas crianças levaram choque em um dos brinquedos e foram parar no hospital e por muito pouco não se concretizou o pior. Em outro dia, uma tentativa de homicídio meio à multidão e assim acontecendo novo tiroteio com direito a bala perdida que chegou a ferir um senhor residente em Beberibe-Ce. LEIA MAIS
Nesta segunda feira (05/01) pela manhã o parque ficou estacionado em um posto de combustíveis no bairro Pedregal enquanto era decidido sua localização e segundo informações o parque ficará numa área não central da cidade, melhor dizendo, na entrada da cidade pela “cacimba do Povo” próximo a cadeia pública.

A culpa da violência não pode ser atribuído a qualquer que seja o parque de diversões. Não aceitar o parque é ceder algo mais para a criminalidade e consequentemente a impunidade. Aceitar o parque é manter uma tradição de décadas, porém: As autoridades precisam GARANTIR a segurança necessária para manter a ordem e a paz. Quanto ao risco de montagem (parte elétrica e segurança nos brinquedos) também existem os órgãos responsáveis (Bombeiros, CREA, COELCE etc.) para tal responsabilidade e averiguação. Se Aracati não conseguir garantir segurança para um parque de diversões também não conseguirá garantir para um carnaval.

Nenhum comentário:

Postar um comentário