quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Gaúcho pede ajuda do Aracati em Foco e faz contato com irmão que não via há 25 anos

No dia 8 de janeiro deste, recebi através do Facebook do Blogue Aracati em Foco, contato de Régis dos Santos, gaúcho de Júlio de Castilhos-RS, que relatava o seguinte;

“Sandro, gostaria de saber se você poderia me dar notícias de meu irmão que é gaúcho e foi embora para Canoa Quebrada há mais de 25 anos. Ele trabalhava como guia turístico, era dono de um Bugre, casado com irene e tinha o apelido de “Escurinho”. Seu nome é Antônio Valdomiro dos Santos. Eu me chamo Regis dos Santos, e se conseguir alguma informação e puder me avisar fico muito agradecido. Estou te enviando fotos de alguns anos atrás, meu irmão (Escurinho) e sua esposa Irene e os filhos. Quem sabe podem ser uteis para que algum morador possa reconhece-los. Att: Regis dos Santos” LEIA MAIS

Há mais de 25 anos, Valdomiro e
Irene. Foto por Régis dos Santos
Então no dia seguinte (9/1) levei o aviso até meu programa “Café com Notícia” através da TV Sinal de Aracati, não cheguei a mostrar as fotos e no dia 13 (quatro dias depois) informei ao Régis dos Santos o seguinte;

“Regis, hoje recebi aqui após meu programa na TV, seu irmão Antônio Valdomiro. Ele deixou esse telefone da claro (84) 9464-XXXX. Ele está morando em Cacimba Funda divisa com o Rio Grande do Norte”

No dia 18 deste mês, recebi a seguinte notícia do agora leitor do Blogue Aracati em Foco;

Sr. Valdomiro e uma de suas filhas
“Caríssimo Sandro! Venho agradecer-lhe pelo seu comprometimento com sua profissão, pois através de sua pessoa tornou-se possível o contato com o meu irmão, o qual a anos não tínhamos notícias. Falei com ele hoje e graças a DEUS ele está bem. Não tenho palavras para agradecer. Um grande abraço! Se algum dia precisar de alguma coisa que esteja ao meu alcance saiba que tens aqui um amigo!!!” Att. Régis dos Santos.


Mais uma vez só tenho a agradecer a Deus e minha mãezinha (in memoriam) que continua a olhar por mim, como sempre tem sido ao longo de minha existência terrena, e através dessa sintonia infinita sob fluidos celestiais continuamos nossa missão muitas vezes “as duras penas”, mas atingindo e cumprindo nosso objetivo. Apenas quero fazer uma observação: Só estou divulgando esse fato ocorrido onde houve nosso intermédio porque foi um pedido do próprio Antônio Valdomiro (Escurinho) que ficou muito feliz por ter sido procurado pelos seus familiares que continuam morando em sua terra de origem em Júlio de Castilhos-RS. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário