sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Jovem faz selfie após capotar com carro no Paraná

Uma adolescente de 17 anos usou o aplicativo de compartilhamento de imagens Snapchat para pedir socorro após capotar com o carro, no último domingo. Amanda Machado e Maurício Cruz, de 24 anos, passeavam em um Fiat Strada pela BR-364, na divisa dos municípios de Palotina e Terra Roxa, no Paraná, quando sofreram o acidente.

Amanda, então, enviou aos amigos uma sequência de imagens que podem ajudar a entender o que aconteceu. Na primeira, ela aparece com Maurício ao lado e a legenda “cuzido”, gíria paraense para dizer que alguém está bêbado. Na sequência, ela mostra o velocímetro do automóvel, que marcava 180km/h. LEIA MAIS
Após alguns minutos, Amanda fez duas novas fotos, ensanguentada, ainda dentro das ferragens e com o rosto bastante machucado.

Nas legendas, ela escreveu “socorro” e “capotou o carro”. As fotos rapidamente viralizaram nas redes sociais e, de tão impressionantes, houve até quem duvidasse da história. Mas é tudo verdade. Após a repercussão, Amanda agradeceu o apoio e desabafou sobre as piadas em torno das fotos.

“Quero agradecer a quem está me ajudando nesse momento. E muito obrigada aos piadistas de plantão. Estou vendo todas as publicações em sites, no Twitter, aqui no Face msm (sic), no whats e em todos os lugares mas não pense que isso me deixa para baixo, estão enganados. Graças a Deus que estou vendo pois é isso que agradeço pois podia estar morta, e aí? Só tenho a agradecer a Deus por me dar mais uma chance de vida! Para os ignorantes que não sabem dos fatos e criticam, deixo meu silêncio”.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Rodoviária Estadual do Paraná, nenhum dos dois ocupantes do veículo possui Carteira Nacional de Habilitação e Maurício era quem conduzia o carro. A Polícia Rodoviária Estadual informou que o caso foi encaminhado à Polícia Civil.

Os jovens foram levados ao Hospital Municipal de Palotina. Maurício teve uma perna quebrada e foi liberado. Já Amanda foi encaminhada para o Hospital Bom Jesus, em Toledo, onde recebeu alta no mesmo dia. A reportagem tentou entrar em contato com Amanda e Maurício, mas eles não foram encontrados para comentar a história.


Nenhum comentário:

Postar um comentário