quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Município lança I Campanha do Sub-registro

Com o desafio de reunir forças, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, em parceria com o Governo Municipal de Aracati, via Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Renda, lançou na manhã de hoje (22/01), no Auditório do Colégio Marista, a I Campanha Municipal de Erradicação do Sub-registro e Ampliação da Documentação Básica do Cidadão “Tenho Nome e Sobrenome! Sou Aracatiense”. LEIA MAIS
Com presença de autoridades, lideranças comunitárias e religiosas, profissionais da assistência social, da saúde e da educação, o que se pretende é articular com professores, técnicos e pais para juntar-se no desafio de erradicar com o Sub-registro e buscar ampliar a documentação básica do cidadão, em especial de crianças e adolescentes.

Participaram do evento também, representantes do Conselho Tutelar e da Comissão Intersetorial do selo Unicef em Aracati.

A acolhida foi feita pela integrante do Cursinho Ágape de Música, Lara Barros de Lima, com voz e violão.

A secretária de assistência social, Eline Gomes, representou o prefeito Ivan Silvério, e destacou o papel social que a Certidão de Nascimento representa para um “Ser Cidadão”.

No uso da palavra, o representante dos cartórios do registro civil, Tabelião do Cartório Costa Lima, Luciano Costa Lima, destacou que sem o registro a pessoa existe, mas não tem cidadania, pois até os demais documentos só podem ser acessados se primeiro houver uma certidão de nascimento.

Cleide Rocha, que é secretária adjunta da assistência social e presidente do CMDCA, pontuou a campanha como de fundamental importância para acabar de uma vez por todas a existência pessoas, ou mesmo nascimento de crianças, sem que haja o cuidado de registrá-la, pois o Registro, ou seja, a Certidão de Nascimento, é um direito que assegura outros direitos.

Ao final, foram entregues pacotes contendo envelopes, preparados cuidadosamente e adquiridos com recursos federais, com intuito de simbolizar os cuidados que as famílias devem ter para conservar seus documentos, a partir do Registro Civil e que serão repassados às famílias. Além disso, no envelope podem ser acessadas informações sobre o Registro Civil de Nascimento.

Órgãos, instituições e serviços contemplados com os envelopes:

Hospital Santa Luiza de Marillac
Cartório Costa Lima
Cras Nossa Senhora de Lourdes
Cras Nossa Senhora de Fátima
Cras Litoral
Cras Lagoas
Conselho Tutelar
Casa do Cidadão

Cadastro Único

Fonte: ASCOM/PMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário