domingo, 22 de fevereiro de 2015

Município de Aracati recebe nova pavimentação

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo – SETUR, trabalha na recuperação do Centro Histórico de Aracati.

Toda a pavimentação e calçadas de Aracati estão sendo trocadas, respeitando a originalidade e história de alguns setores. O trabalho vem sendo efetuado nos canteiros centrais, entorno da rodoviária e da Praça Dom Luis, bem como entorno e reforma das Praças Marista, Prazeres e da Praça Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário. A obra é supervisionada pelo Departamento de Arquitetura e Engenharia – DAE, órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura – Seinfra. LEIA MAIS
O projeto está utilizando o método bripar de pavimentação (brita + paralelepípedo), que une brita graduada com o paralelepípedo compactado mecanicamente e asfalto como elemento catalisador. O asfalto garante a longevidade da obra, pois é um instrumento aglutinante unindo as britas entre si e ao paralelepípedo. É também um impermeabilizante, garantindo a estabilidade da base, não permitindo a entrada de água e a desconcentração dos materiais. Este ainda é plástico o suficiente para permitir, em pequenos movimentos, à adaptação do pavimento mantendo a sua funcionalidade. O sistema substitui o trabalho de máquinas caríssimas por trabalho braçal na execução de pavimento com o mesmo conforto, reduzindo em 50% os custos da obra.

Já as calçadas estão sendo feitas com bloquetes intertravados, constituídos de peças em concreto. A simplicidade da instalação garante o assentamento feito sobre uma camada de areia ou pó de pedra, sem exigir ferramentas diferenciadas ou mão de obra especializada, gerando ainda renda e emprego na região onde é aplicado. As peças são intertravadas. Cada parte do todo colabora para a imobilidade do bloco vizinho, por meio do atrito lateral entre elas, devido ao preenchimento das juntas. Estas, devidamente agrupadas permitem a passagem da água, tornando o piso intertravado de concreto ecologicamente correto.


Fonte: Assessoria de Comunicação - DAE

Nenhum comentário:

Postar um comentário