domingo, 15 de março de 2015

Quem foi que disse que somente com o impeachment da Dilma, o Brasil vai melhorar?

Por Sandro Guimarães - Domingo, 15/03/2015
Com toda a minha sinceridade! Para consertar o Brasil seria necessário mais que o impeachment da Dilma. De que adiantaria tirar a presidente para assumir o Michel Temer, e permanecer João Paulo Cunha, Renan, permanecer todo Congresso Nacional e a maioria dos deputados estaduais e vereadores municipais? Ou teríamos novas eleições? Mas, aí vem outro problema! Em quais candidatos poderíamos confiar? A política brasileira é um mega esquema nivelado por baixo. LEIA MAIS

Sobre eleições e mandato de políticos sou muito intrigado com esse “lengalenga” em forma de desculpa que; "Quem mandou vender voto por dentadura, tijolo, óculos, cimento etc." Será que, quem assim pensa não reparou que o problema não está no "pequeno corrupto" que pega esmolas de candidatos tanto de um quanto o outro lado? Pra vereador, por exemplo, será que tem algum inocente que acredite que um eleitor vai votar em quem der algo? Só se ele fizer um sorteio, pois o eleitor atual engana vários políticos prometendo que vai votar "nele" e no frigir dos ovos, nem o eleitor sabe em quais dos candidatos que ele “ferrou” escolheu pra votar, e olhe lá se não tiver errado a intenção de voto.

O problema é justamente o sistema na política, ou seja, as doações milionárias (recuperadas durante o mandato), apoio político dos partidos ao candidato do executivo (que após as eleições irão resgatar com juros cada centavo) e até os inimigos políticos irão extorquir quem esteja no poder para negociar apoio para projetos que deveriam ser destinadas à população. Por sua vez, o EXECUTIVO se submeterá a cobrar os 20% de comissão (ou até mais) para favorecer as licitações viciadas para realização de obras ou serviços sem qualidade ou quase sempre inacabadas.

Já o poder judiciário, quase sempre não colocam políticos corruptos atrás das grades e fazem devolver cada centavo. Quando aparece alguém da justiça querendo fazer Justiça, logo é rechaçado pelo colegiado e pessoas da própria população que vive a cobrar por justiça contra os corruptos. Quando um Magistrado é contaminado pela corrupção ele é premiado com aposentadoria compulsória. Então, não dá pra culpar somente meia dúzia de ‘gatos pingados’. É preciso passar o país (todo) a limpo.

Começar a tirar os ladrões dos poderes quando? Porque tirar apenas uma escolhendo como bode expiatório não vai adiantar. Basta lembrar do caso Collor. Vários roubaram o país enquanto os demais políticos no congresso montou cenário de teatro apenas para punir o presidente e tesoureiro, e tudo continuou na mesmice. E quem é Collor de Mello hoje! Senador da República. Pois é, "Pintaram a fachada do cabaré, mas as prostitutas continuaram as mesmas".

Não dá pra pensar somente em afastar qualquer presidente. O buraco é mais em cima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário