quarta-feira, 29 de abril de 2015

MP pede afastamento do prefeito de Juazeiro do Norte, no Ceará

Prefeito não cumpria aumento salarial de professores exigido por lei. MP pediu também o afastamento do secretário de Educação da cidade.

O Ministério Público Estadual do Ceará pediu o afastamento do prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo, no interior do Ceará, e do secretário de Educação da Cidade, Geraldo Alves, por descumprir a lei nacional do piso salarial dos professores. LEIA MAIS
O piso nacional de professores em 13,01%, e o valor passará a ser de R$ 1.917,78 para docentes de escolas públicas com 40 horas de trabalho semanais. O valor anterior era de R$ 1.697,39.

O pedido de cassação do prefeito e do secretário foi feito na sexta-feira (24). Após o pedido, o prefeito Raimundo Macedo, encaminhou ao Poder Legislativo uma mensagem que aumenta em 6,51% o reajuste ao salário dos professores da rede municipal de ensino. Somado ao aumento de 6,5% que havia sido aprovado anteriormente, o total chega a 13,01%, atendendo à lei.


Os professores de Juazeiro do Norte estão em greve há mais de dois meses reivindicando o reajuste de 13%. Em nota, a Prefeitura de Juazeiro do Norte afirma que Raimundo Macedo trabalha "desde o início de sua gestão, atuando no sentido de reduzir os valores da folha que encontrou muito acima do que deixou ao entregar o cargo em dezembro de 2008".

Fonte: G1.CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário