sábado, 16 de maio de 2015

Festival de Sanfoneiros reúne grandes instrumentistas em Limoeiro do Norte

Na noite de abertura acontece homenagem aos sanfoneiros Carlito Bandeira, pelos 60 anos de carreira, e João Bandeira e Paulo Ney, ambos comemorando 50 anos de dedicação ao instrumento.  

Uma grande festa a céu aberto, onde a sanfona é a principal atração. Na praça principal de Limoeiro do Norte, de 21 a 23 de maio, artistas cearenses e de outros estados brasileiros se encontram para soltar o som de seus instrumentos no IX Festival de Sanfoneiros de Limoeiro do Norte. CONTINUE LENDO
Serão três dias em que a cidade cearense do Vale do Jaguaribe se transforma na capital da sanfona, instrumento que no Brasil imortalizou nomes como Luiz Gonzaga, Sivuca e Dominguinhos. A exemplo das edições anteriores, o Festival de Sanfoneiros terá shows, exposições e palestras, com acesso gratuito.  

A 9ª EDIÇÃO

O Festival inova nesta edição, abolindo o concurso que premiava os melhores, tornando-se uma grande mostra da arte da sanfona, priorizando a livre expressividade dos instrumentistas, a formação, o intercâmbio e o prazeroso encontro entre músicos, produtores culturais e o público.

A noite de abertura do IX Festival de Sanfoneiros será marcada pela apresentação conjunta dos Mestres sanfoneiros da região, os irmãos João e Carlito Bandeira, e o parceiro Paulo Ney, os três com 50 e mais alguns anos de Sanfona, além da participação de João Bandeira Jr. e Paulo Henrique. Na sequência, Zé Celestino e encerramento da noite por conta de Chambinho do Acordeon. Os shows noturnos, individuais e em grupos, acontecem no palco principal da Praça da Catedral, sempre a partir das 20 horas. Na mesma praça, haverá exposição de registros fotográficos das edições anteriores do festival.

Nas noites seguintes, são atrações no Festival: Elias Carneiro, Damião e Renato Carneiro, Ferro Quente, Cacimba de Aluá, Alves Nascimento, com a sanfona no choro e na gafieira, Vanin e Nicinha, Os Galizas da Sanfona e Quinteto Sanfônico Juvenil, Os Januários, Redondo, com o show de encerramento do Repente Sanfoneiro Jonas Alves.

Forró na Feira – Nas manhãs de 22 e 23 de maio, a partir das 8:30h, acontece o Forró na Feira, na praça Capitão João Ennes (Coluna da Hora), espaço aberto aos músicos populares, iniciantes, diletantes e profissionais da sanfona.

Conversa de Sanfoneiro – À tarde, também nos dias 22 e 23, das 16h às 17h, sanfoneiros convidados conversam com o público sobre suas carreiras, no Auditório do NIT - Núcleo Informação Tecnologia (Rua Cônego Bessa, 2381). No dia 22, a palestra é de Alves Nascimento. No dia 23, a conversa é com Redondo e Paulo Ney.

O FESTIVAL 

Numa realização do Instituto Brasil de Dentro, o Festival de Sanfoneiros acontece com o intuito de estimular a busca da melhor qualidade estética e sonora na execução da sanfona, mostrando aos músicos iniciantes e veteranos, e ao público em geral, as largas possibilidades de um instrumento que é tocado por grande parte dos povos do mundo. Além do forró em suas várias vertentes, é possível tirar desse instrumento a excelência da música, desde a valsa mais tradicional, passando pelo jazz, o tango, ao mais requintado chorinho.

A ideia do Festival é ainda contribuir para a formação de plateia, mostrando aos jovens a riqueza sonora e artística deste instrumento. É também uma oportunidade de intercâmbio entre músicos de distintas regiões e estilos, mostrando a formação da sanfona ao lado dos mais diversos instrumentos, através de shows, exposições e palestras, proporcionando maior aperfeiçoamento do músico em seu instrumento.

A cada dia ratificando sua vocação para as artes, principalmente a música, o Vale do Jaguaribe é reconhecido como uma das regiões do Ceará que mais abastece o segmento de bandas, com inúmeros artistas, instrumentistas, compositores, cantores, cantadores e, principalmente, sanfoneiros, em destaque.

A 9ª edição do Festival de Sanfoneiros tem apoio da Coelce, Prefeitura Municipal de Limoeiro do Norte e Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.


PROGRAMAÇÃO DE SHOWS
Local: Praça da Matriz
Dia 21. 05.15 (quinta)

20:00 – Homenagem 60 Anos de Sanfona de Carlito Bandeira e 50 Anos de Sanfona de João Bandeira e Paulo Ney. Participação: João Bandeira Jr. e Paulo Henrique
21:15 – Zé Celestino
21:45 – Chambinho


Dia 22.05.15 (sexta)
20:00 – Elias Carneiro, Damião e Renato Carneiro
20:45 – Ferro Quente
21:15 – Cacimba de Aluá
21:45 – Alves Nascimento - Sanfona Gafieira

Dia 23.05.15 (sábado)
20:00 – Os Galizas e Quinteto Sanfônico de Juvenil
20:30 – Vanin e Nicinha
21:00 – Os Januários
21:45 – Redondo
22:15 – Jonas Alves
HISTÓRICO DO FESTIVAL

A retomada do Festival de Sanfoneiros de Limoeiro do Norte foi, de muito tempo, uma demanda cultural da população do Vale do Jaguaribe, pela importância que suas cinco primeiras edições alcançaram, de 1968 a 1972. O Festival surgiu em 1968, a partir do programa Vesperal do Volante, da Rádio Educadora Jaguaribana, apresentado pelo radialista Luiz Gonzaga de Freitas, que reunia filas de sanfoneiros em busca de oportunidade. O evento permaneceu no imaginário cultural do sertão do Vale pela efervescência provocada, o surgimento de novos valores e os tantos casos que, até hoje, alimentam a memória local.

Em 2006 o Instituto Brasil de Dentro retomou a ideia do Festival, ao promover o Grande Encontro de Sanfoneiros, numa parceria com a Prefeitura Municipal de Limoeiro do Norte. Teve também o apoio integral do fundador do Festival, o radialista Luiz Gonzaga de Freitas, convidado especial da festa, que reuniu na Praça da Catedral cerca de 40 instrumentistas de várias regiões do Brasil, em três noitadas de shows. Este evento impulsionou a realização da 6ª edição do Festival, em 2007, com participantes de várias regiões do Ceará e de outros Estados. Em 2008, na edição comemorativa de 40 anos, obteve a aprovação no Edital Festival Petrobras, que possibilitou implantar aulas de formação, palestras, shows de atrações locais e uma atração internacional, a sanfoneira alemã Cathrin Pfeifer.

Em 2010, na 8ª edição, o Festival teve um crescimento no formato e no público. Foram mais oficinas, teve novas atrações regionais, nacionais e participação do bandoneonista argentino Martin Mirol, que engrandeceram o evento, e homenageou os que contribuíram para a história do Festival, com entrega de 60 troféus.

A cada edição do Festival de Sanfoneiros, percebe-se a boa influência do evento, tanto no trato do músico com o seu instrumento, como no nível de programação das TVs e rádios da região, melhor selecionando atrações, alargando repertórios e cativando novas plateias, a ratificar o valor da mestiçagem da música brasileira.


SERVIÇO

IX Festival de Sanfoneiros de Limoeiro do Norte - De 21 a 23 de maio de 2015 na cidade cearense, no Vale do Jaguaribe. SHOWS: Nos três dias, a partir das 20 horas na Praça da Matriz. No local, exposição de registros fotográficos das edições anteriores do festival. FORRÓ NA FEIRA: Dias 22 e 23, a partir das 8:30h na Praça da Coluna da Hora. CONVERSA DE SANFONEIRO: Dias 22 e 23, às 16h no auditório do NIT (Rua Cônego Bessa, 2381). Informações: (88) 9661.0512. Toda a programação tem acesso gratuito.

  
ASSESSORIA DE IMPRENSA 

Jornalistas Resp: Sônia Lage e Eugênia Nogueira
Tel: (85)3252.5401 / 9989.5876 / 9989.3913
degage@degage.com.br / www.degage.com.br

t: @degage_imprensa / f: degageassessoria

Um comentário: