terça-feira, 26 de maio de 2015

"InConto Marcado - Teatro Itinerante" segue em circulação no Ceará

Depois de Pacatuba e Boa Viagem, mais cidades cearenses estão na rota do InConto Marcado - Teatro Itinerante, com espetáculos para crianças e oficinas para professores. O público estimado é de 45 mil pessoas nas nove cidades visitadas.
No cronograma, o município de ARACATI terá participação no projeto no dia 09 de junho (oficina às 8h30) e 10.06 (espetáculos às 8h30 e 14h) LEIA MAIS

A trupe do InConto Marcado - Teatro Itinerante, se prepara para pegar a estrada com destino a mais cidades do Ceará. Na primeira semana de junho estará em Pacoti (dias 02 e 03) e no Cuca Mondubim (dia 06). O projeto começou em Pacatuba, com programação nos dias 09 e 10 de abril, esteve em Boa Viagem nos dias 14 e 15 de maio e até o final de junho terá passado por mais sete cidades cearenses, levando espetáculo para crianças e oficina de teatro para professores da rede pública de ensino, com ênfase na contação de histórias. O público estimado é de 45.000 pessoas.  

Contemplado pelo VI e VII Edital Mecenas das Artes e com o patrocínio exclusivo da Coelce, o InConto Marcado passará por Pacoti, Fortaleza (Cuca Mondumim), Aracati, Beberibe, Itarema, Camocim e Canindé, encerrando a Circulação Mecenas 2015 por nove cidades.

CRONOGRAMA

PACATUBA - 09 e 10 de abril (realizado)
BOA VIAGEM - 14 e 15 de maio (realizado)
PACOTI - 02.06 (espetáculos às 8h30 e 14h) e 03.06 (oficina às 8h30)
FORTALEZA (CUCA MONDUBIM) - Dia 06.06 (espetáculo às 19h)
ARACATI - 09.06 (oficina às 8h30) e 10.06 (espetáculos às 8h30 e 14h)
BEBERIBE - 11.06 (oficina às 8h30) e 12.06 (espetáculos às 8h30 e 14h)
ITAREMA - 15.06 (oficina às 8h30) e 16.06 (espetáculos às 8h30 e 14h)
CAMOCIM - 18.06 (oficina às 8h30) e 19.06 (espetáculos às 8h30 e 14h)
CANINDÉ - 29.06 (oficina às 8h30) e 30.06 (espetáculos às 8h30 e 14h)

InConto Marcado é um projeto de cidadania cultural, acessibilidade à arte , formação de plateia e uma ação de incentivo à leitura. Circulando com uma carretinha personalizada, lembrando os antigos carros de teatro mambembe, a trupe de três atrizes e arte-educadoras, além de um músico, conduz o projeto pelo interior cearense e em cada cidade serão realizadas duas sessões do espetáculo, uma pela manhã e outra à tarde, cada sessão composta pela dramatização de dois contos da literatura brasileira: Fio após Fio e Brejo das Flores.

As ações acontecem em Quadras Esportivas dos municípios contemplados a fim de beneficiar o maior número possível de público, estimado em 1.500 a 2.000 pessoas a cada apresentação do espetáculo. Para isso conta com o apoio das Secretarias de Educação e Cultura de cada cidade.

Com uma estrutura técnica flexível, independente e autoportante, o projeto está apto a realizar uma ampla circulação estadual e federal, levando Teatro para crianças de todas as idades,"inclusive as enrugadas e calvas!", destaca a atriz Daniele Rodrigues, idealizadora e diretora do InConto Marcado.

Outros municípios interessados em participar, levando os alunos e professores às ações do projeto, podem entrar em contato com a produção do InConto Marcado pelo email: contatoincontomarcado@gmail.com.

O PROJETO

Com o objetivo maior de democratizar o acesso à arte, o projeto chega esse ano à segunda edição. Em 2010 ganhou o Prêmio FUNARTE de Circulação Literária e com o recurso foi realizado em três cidades do Ceará (Barbalha, Nova Olinda e Crato) e quatro de Tocantins (Novo Acordo, Santa Tereza do Tocantins, Lagoa do Tocantins e Aparecida do Rio Negro). O espetáculo foi visto por 10 mil crianças e a oficina ministrada para 504 professores da rede pública, com o apoio das Secretarias de Educação e Cultura dos municípios e do governo do estado do Tocantins.

A premissa que se defende no InConto Marcado é a de que as artes cênicas e a literatura representam janelas abertas para o mundo, fontes de conhecimento e prazer, poderosos instrumentos de desenvolvimento humano. O foco é realizar as ações em municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano, formar plateia, levar Teatro e Formação para o interior dos estados, como um instrumento transformador capaz de proporcionar maior qualidade de vida e um futuro mais promissor.  

O ESPETÁCULO

A peça possui um condão educativo e apresenta DOIS BELOS CONTOS DA LITERATURA BRASILEIRA: Fio após Fio, de Marina Colasanti, que narra história de duas Fadas bordadeiras e irmãs, Nemésia e Gloxínia; e Brejo das Flores, de autoria do escritor pernambucano Luís Jardim, um conto repleto de singeleza e alegria, que narra a história de um “certo menino mágico” e seus amigos, que resolveram brincar de circo, lá no Brejo das Flores.

Com uma hora de duração, o espetáculo é rico de elementos cênicos e principalmente de conteúdo. Apresenta os dois contos de forma bastante distinta um do outro, instigando e surpreendendo o espectador. O primeiro é clássico, misterioso, imponente, reflexivo. O segundo é colorido, alegre, vivaz, interativo. Os cenários, figurinos, adereços, trilha sonora e estilo da interpretação evidenciam todas essas diferenças de forma a revelar as múltiplas possibilidades do ato de “contar histórias”. Cenários, figurinos e adereços foram criados pelo artista plástico Marcelo Santiago. Ilustrações de Rosana Mapurunga.  

A concepção da peça não subestima a inteligência da criança. O jogo é o principal elemento de comunicação e expressão do universo infantil, e esse jogo é incorporado à linguagem da apresentação, sempre trabalhando no sentido de não “infantilizar” a peça. Este é um diferencial uma vez que a grande maioria dos espetáculos concebidos para o público infantil tem essa tendência.  

A OFICINA

A Oficina de Teatro com ênfase na contação de histórias foi criada com o intuito de proporcionar aos professores maior consciência da importância e da magia da leitura e da dramatização para a comunicação com as crianças. Simultaneamente, propicia aos participantes maior autoestima, desinibição, socialização e a apropriação de novos métodos de trabalho com a criança (do ensino fundamental) para fomento da leitura como ato de prazer e fonte de conhecimento.  

Com duração de 3 horas/aula, na oficina são utilizados recursos da linguagem literária e técnicas de artes cênicas/contação de histórias. Essa capacitação é essencialmente “prática”. São ministrados exercícios que o educador poderá utilizar para se aprimorar e sempre que estiver trabalhando com contação de histórias. O conteúdo da oficina e a posterior e constante aplicação de seus exercícios e sugestões como uma diversidade de estratégias corporais, vocais e dramáticas, irá capacitá-los a contar histórias de forma envolvente e interessante, capaz de prender a atenção e tocar a imaginação dos ouvintes/espectadores. Cada oficina atende até 80 participantes, prioritariamente da rede pública de ensino ou profissionais que atuam em projetos socioculturais. Todos recebem Certificado de Participação.

ELENCO

De Narizinho a arte-educadora - O projeto foi criado pela atriz e diretora curitibana Daniele Rodrigues, que iniciou sua carreira artística aos 9 anos de idade, interpretando a Narizinho do Sítio-do-Pica-Pau-Amarelo, na Rede Globo (1981). Daniele também protagonizou Zélia Gattai na minissérie Anarquistas Graças a Deus, dirigida por Walter Avancini e baseada na obra homônima da autora. Atuou na novela Renascer considerada um marco na televisão brasileira 1992 (interpretou Juliette na primeira fase), e em 1994 atuou no remake de Irmãos Coragem, interpretando a personagem Deolinda. Conheceu o Ceará aos 12 anos quando veio viver a icônica personagem Expedita, filha de Lampião e Maria Bonita, no filme O Cangaceiro Trapalhão, dirigido por Daniel Filho, em 1983. Formada em Artes Cênicas (SP), desde o ano 2000 Daniele Rodrigues trabalha com Arte Educação.

Uma das mais premiadas atrizes cearenses - Solange Teixeira participa do projeto com Daniele desde sua criação, em 2010. Ambas contam com mais de 30 anos de carreira no Teatro, TV e Cinema. Solange trabalhou em mais de 30 peças, entre as quais, "As Anjas", que lhe rendeu prêmio de Melhor Atriz no FESTMINAS (MG), Festival de Anápolis (GO) e FNT de Guaramiranga (CE); “Sonho de Uma Noite De Verão", "O Rei Leão" e "Tita e Nic" com a qual fez temporada em São Paulo em 2011. Integrou as companhias Abre-Alas, Mirante, Art'Elenco, Bandeira das Artes, Comédia Cearense e Cia. Cearense de Molecagem,. Em 1991 participou do especial da Rede Globo Os Homens Querem Paz. No cinema, atuou em "O Auto da Camisinha", com Chico Anísio e Gero Camilo. com a peça "As Anjas". Desde2005 participa do projeto visita espetacular no Theatro José de Alencar com o ator Robério Diógenes. Em março de 2015 recebeu o troféu Carlos Câmara por sua contribuição ao teatro cearense.

Nova integrante - A temporada 2015 do InConto Marcado conta também com a presença da jovem e talentosa atriz Camila Di Cavalcanti. A atriz começou a atuar em 1997 ao 9 anos na escola onde fez a peça "Sítio do Pica Pau Amarelo". Em 2005 participou de um curso de teatro no SESC, interpretando Cinderela no final do curso e permanecendo alguns meses em cartaz. No mesmo ano entrou para o CPBT - Curso Princípios Básicos de Teatro, no Theatro José de Alecar, sendo aluna de Paulo Ess. Em 2006 entrou para o CAD - Curso de Arte Dramática da UFC, tendo como professores Ricardo Guilherme, Ghil Brandão e Betânia Montenegro. Em 2009 formou-se no curso superior em Artes Cênicas no IFCE. Fez parte do grupo Ás de Teatro, Grupo Mirante e Grupo de Teatro da Seara da Ciência, da UFC.

O Músico, o mais jovem integrante – O projeto também ganhou em 2015 a presença de um músico, Mateus Miranda, de 20 anos, que faz a trilha ao vivo do espetáculo. Cursando Música na UFC e tendo feito cursos de teatro desde os 5 anos de idade, Mateus é filho de Daniele Rodrigues e está iniciando sua promissora carreira como artista aqui no Ceará. Estreou atuando, cantando e tocando profissionalmente no projeto InConto Marcado.

PRÓXIMAS PARADAS

Depois de encerrar a circulação pelas 9 cidades, o projeto tem uma circulação prevista para todo o ano de 2015 e 2016. A meta, segundo Daniele Rodrigues, é realizar as ações no maior número possível dos 184 municípios do estado do Ceará nesse período. "Para isso contamos com o apoio dos governos federal, estadual e municipais e com o apoio de nossos patrocinadores, parceiros do desenvolvimento e da arte. Posteriormente, seguimos para outros estados do nordeste brasileiro", revela.

SERVIÇO
InConto Marcado - Teatro Itinerante - Municípios interessados em participar, levando os alunos e professores às ações do projeto, podem entrar em contato com a produção do InConto Marcado pelo email: contatoincontomarcado@gmail.com.



DANIELE RODRIGUES - Idealizadora e diretora do InConto Marcado 

INFORMAÇÕES

DÉGAGÉ
Jornalistas Resp: Eugênia Nogueira e Sônia Lage
degage@degage.com.br / www.degage.com.br
t: @degage_imprensa  / f: degageassessoria 

Nenhum comentário:

Postar um comentário