sexta-feira, 24 de julho de 2015

Estupro de vulnerável. Padastro e mãe disseram a polícia que menina de 13 anos "não era de nada"

Nesta sexta feira dia 24,  pela manhã  durante uma Operação de Combate a Crimes de Abuso Sexual Infantil em Brejo Santo/CE, foi preso por estrupo de vulnerável o homem  conhecido por  “Beto”, casado, sem profissão definida 36 anos, natural de Jardim/CE, Zona Rural de Brejo Santo/CE.Beto foi preso após recebimento de uma denúncia anônima informando que a esposa do acusado teria relatado em uma conversa que havia flagrado sua filha de apenas 13 anos de idade sendo abusada sexualmente pelo padrasto.

O acusado confessou a polícia que mantinha relações sexuais com a enteada já por algum tempo, pois a mesma era muita “andadeira, namoradeira e não era mais de nada” (palavras do padrasto). Por sua vez, a mãe da menor também se reportou com as mesmas palavras pelo fato da adolescente ser arredia e também se relacionar com um namorado e não ser mais virgem. A adolescente M.G está grávida de cinco meses não sabendo dizer quem é o pai, se o padrasto ou o namorado.

O acusado foi apresentado a autoridade policial competente onde foi realizado o procedimento com base no Art. 217 A, do CPB, conforme IP 244/2015.

Com informação  da 3ªCIA/2º BPM

Nenhum comentário:

Postar um comentário