sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Em Senador Sá. Polícia identifica matadores de Gleydson Carvalho, prende casal que abrigou os pistoleiros e apreende armas e dinheiro

  
* Francisco Carneiro Portela (18) e Gisele Sousa do Nascimento (23) donos da casa em Senador Sá
* Dentro do imóvel onde os pistoleiros estavam escondidos, a Polícia encontrou uma foto do radialista

A Polícia já identificou e procura os pistoleiros que assassinaram, a tiros, o radialista Gleydson Cardoso de Carvalho, na tarde de quinta-feira, na cidade de Camocim, no litoral Oeste do Estado (373Km de Fortaleza).  As armas usadas no crime, bem como um casal que deu abrigo aos assassinos após a execução sumária foram localizados na manhã de hoje. Parte do dinheiro que os matadores receberam também foi apreendida. CONTINUE LENDO E VEJA MAIS FOTOS

A operação ocorreu no começo da manhã de hoje, quando policiais civis e militares cercaram uma casa na localidade de Serrota, na zona rural do Município de Senador Sá, na mesma região. Dentro do imóvel onde os pistoleiros estavam escondidos, a Polícia encontrou uma foto do radialista, além de dois revólveres de calibre 38, munição e a quantia de R$ 1.800,00. Também foram descobertas peças de roupas que eles usaram no momento do crime.

Um dos pistoleiros foi identificado como Tiago, que teria escapado junto com o comparsa pelo matagal. Neste momento, a Polícia mantém um cerco naquela região, entre os Municípios de Senador Sá, Uruoca, Moraújo e Martinópole, na tentativa de localizar os pistoleiros. Por determinação do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Delci Teixeira, equipes do Comando Tático Rural (Cotar) dão apoio na operação.

Fco. Carneiro Portela, 18
A operação de campo está sendo chefiada pelo coronel Carvalho, comandante do 3º BPM (Sobral) e pelo major Artunane, de Camocim.  Já o delegado-regional de Camocim, Herbert Ponte e Silva, prossegue nos interrogatórios do casal Francisco Carneiro Portela (foto), 18 anos; e Gisele Sousa do Nascimento, 23, donos da casa em Senador Sá onde os pistoleiros pernoitaram entre quinta-feira e a madrugada de sexta, descansando após o assassinato e a fuga em uma moto.

Os assassinos provavelmente iriam fugir, ainda hoje, de ônibus com destino ao Piauí. Bilhetes de passagens foram encontrados na casa. 

As armas localizadas pela Polícia deverão ser
submetidas a perícia balística em Fortaleza.
Mandante

Agora, com a prisão e identificação dos envolvidos na autoria material do crime, a Polícia Civil parte para a segunda fase da investigação, tentar identificar quem teria sido o mandante do crime. Para o delegado regional Herbert Ponte e Silva, não há mais dúvidas de que se tratou de um crime de execução sumária, descartando a possibilidade de uma possível tentativa de assalto. 

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário