sábado, 8 de agosto de 2015

Ganha repercussão Nacional e Internacional assassinato de Gleydson Carvalho em Camocim (com Vídeo)

Francisco Carneiro (18), Gisele Sousa (23), Tiago Lemos (22) e "Baixinho"
Os dois últimos seriam os executores do radialista Gleydson Carvalho em 06/agosto em Camocim
Matérias sobre assassinato do Radialista Gleydson Carvalho atingido por três disparos no estúdio de sua rádio quando apresentava seu programa de meio dia, sendo um dos tiros na cabeça. O assunto está sendo repercutido em vários canais de imprensa no Brasil e até na Europa. Esta matéria (LINK DO VÍDEO AO FINAL DESTA MATÉRIA) foi veiculada no CE Notícias, Jornal Nacional e Jornal da Meia Noite da Globo News. CONTINUE LENDO

Grupos pelo Whatssap formados por mais de 200 Radialistas do Ceará diuturnamente comentam, debatem e se fortalecem na abordagem sobre o assunto chamando atenção das autoridades políticas e policiais para o caso. O Governador Camilo Santana determinou pessoalmente à Secretaria de Segurança do Ceará empenho total pelas buscas aos criminosos e o mandante que seria o autor intelectual do bárbaro assassinato.

Resultados

Em menos de 12 horas do crime a Polícia do Estado já começa a dar respostas numa linha avançada nas investigações ao efetuarem a prisão de um casal numa pequena residência no interior do município de Senador Sá. Ambos estão envolvidos diretamente com os dois pistoleiros que abrigaram os marginais como ponto de apoio e até chegaram a dormir na residência. “Os dois pistoleiros ao avistarem os policiais fugiram a pé usando apenas bermudas e chinelos caindo em fuga pelo mato” disse à reportagem o Delegado Herbert Ponte.

No local que servia de esconderijo, foi encontrado dois revólveres e munições utilizados no assassinato, duas mochilas, R$ 1.800,00 em espécie que segundo o delegado que comanda a operação Dr. Herberth "seria o pagamento dos pistoleiros" e outros objetos, dentre os quais estava uma foto cartaz do radialista Gleydson Carvalho.

ASSISTA O VÍDEO E COMPARTILHE para juntos lutarmos pelo direito à liberdade de informação por uma imprensa livre de amarras.

Link da matéria:

Nenhum comentário:

Postar um comentário