segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Município de Aracati teve dia de paralisação

O Governo Municipal de Aracati paralisou suas atividades na última sexta-feira (31/07) em adesão à paralisação proposta pela a Aprece (Associação de Municípios do Ceará).

Durante toda a manhã do mesmo dia, foi realizado um ato público no auditório do Colégio Marista, onde foi esplanada a situação da atual gestão, assim como suas conquistas e problemáticas. Estiveram presentes secretários, adjuntos, coordenadores e servidores municipais, além da população interessada sobre a situação atual do país em virtude da crise econômica. CONTINUE LENDO
O prefeito Ivan Silvério explanou sobre a realidade do município, desde suas receitas e também despesas, e relatou sobre o encontro realizado na Aprece no último dia 28, quando os prefeitos tiveram conhecimento da situação e optaram por essa paralisação, como forma de chamar a atenção dos Governos Federal e Estadual, para a crise financeira que estaria inviabilizando a oferta de serviços de qualidade à população.

O secretário de Educação, professor Mendes; o secretário da Saúde, Silvano Sena; e a adjunta Ana Alice, fizeram uma apresentação dos investimentos e conquistas já realizadas, assim como as dificuldades pelo qual cada secretaria está passando em meio crise.

“Esse é um momento marcante, pois fortalece os municípios e os torna mais abertos às negociações junto aos executivos Federal e Estadual, em defesa da coletividade, priorizando políticas mais abrangentes e tornando as políticas públicas mais justas”, ressaltou Ivan Silvério.

O novo pacto federativo está no centro das reivindicações, junto com temas como saúde, educação e seca. Os prefeitos cearenses argumentam que o motivo da crise é a quantidade de programas federais injetados nas cidades, com receitas menores que as despesas, e redução dos recursos, principalmente do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Dificuldade em manter postos de saúde feitos em parceria com os governos estadual e federal e falta de envio de remédios às cidades estiveram entre as principais reclamações.

Na oportunidade foram elaboradas duas cartas em defesa dos municípios cearenses. Uma será entregue ao Governador do Estado Camilo Santana e a outra a presidente Dilma Rousseff.

“É hora de o prefeito justificar o que está acontecendo, esclarecer de quem realmente é a culpa. Não adianta eles carregarem isso, porque a culpa não é deles”, explica a coordenadora técnica da Aprece Rafaele Saraiva.

“Foi muito bom saber de tudo que acontece no nosso município, só assim entendemos melhor. Parabéns prefeito Ivan, que Deus te ilumine e abençoe nesta dura luta e que consiga ter sabedoria, para juntos saímos desta crise que para mim será uma experiência que nem sonhando eu pensei um dia passar mais Deus é mais que todas as nossas dificuldades, vamos em frente quem será contra nós se Deus e por nós, agradeceu servidora do município, Francisca Maria.

O prefeito Ivan Silvério, ainda falou sobre a importância do apoio dos servidores e de toda a população Aracatiense “Somos fortes quando estamos unidos e foi dessa forma que nos sentimos ao receber o apoio caloroso de nossa gente aracatiense nessa paralisação de hoje e se for preciso paralisaremos mais, até que se conquistem ganhos para nossa população”.

Em contrapartida, a população saiu muito satisfeita com os esclarecimentos feitos, por parte do governo “Parabéns Ivan Silvério e seus secretários, explanação perfeita, sincera, de muita responsabilidade e transmitindo-nos confiança e respeito aos munícipes. DEUS ilumine seus caminhos e seus projetos”, finalizou o senhor José Aírton Sousa.


Detalhes: http://www.aracati.ce.gov.br/municipio-de-aracati-tem-dia-de-paralisacao/

Nenhum comentário:

Postar um comentário