sexta-feira, 21 de agosto de 2015

O Impacto das Drogas no Ambiente de Trabalho é tema de palestra durante ação de prevenção ao uso de álcool e drogas

Evento, aberto ao público, contará, ainda, com atendimento da unidade móvel do Centro de Referência sobre Drogas, do governo do estado
O Serviço Social da Indústria (SESI/CE), por meio do Programa Sistema FIEC de Prevenção ao uso de Álcool e Drogas, realiza na próxima terça-feira (25/8), a partir das 9h, o Fórum Itinerante pela Qualidade de Vida, com as palestras "O Impacto das Drogas no Ambiente de Trabalho" e "Todos pela Prevenção", ministradas pela médica do trabalho, Maria Edilma Mendonça, e a enfermeira do Centro de Referência sobre Drogas do governo do estado, Marília Falcão Preisler. O evento é aberto ao público e acontece no auditório do SENAI de Maracanaú, localizado à Av. do Contorno, 1395, a partir das 9h.
Paralelamente à palestra, profissionais da área de saúde da unidade móvel do Centro de Referência sobre Drogas, do Governo do Estado do Ceará, atenderão a comunidade, colaboradores de indústrias da região do Distrito Industrial, além de alunos, professores do SESI/SENAI em Maracanaú, por meio do serviço de tira dúvidas, conscientização, e reinserção social e profissional ao usuário de drogas. O atendimento é individual e sigiloso e será realizado de 8h às 17h.

No mês de setembro, o Fórum Itinerante pela Qualidade de Vida, que tem foco na prevenção ao uso de álcool e drogas dentro das empresas, será realizado em Sobral; em outubro é a vez de Juazeiro do Norte. Fortaleza receberá a ação em novembro.

O Programa Sistema FIEC de Prevenção ao Uso de Álcool e Drogas é uma iniciativa que visa desenvolver ações integradas de promoção da qualidade de vida no trabalho e na comunidade, com foco no eixo da prevenção, contribuindo para minimização dos danos sociais e de saúde entre os trabalhadores da indústria e suas famílias.

O programa atua em três eixos: ações educativas institucionais em saúde, educação e vida saudável; por meio de consultoria empresarial, e na orientação de investimento social privado. Neste último, o SESI atuará como articulador entre o terceiro setor e investidores (empresas, fundações, sindicatos) para atender demandas das comunidades terapêuticas.

Números

Segundo o estudo “Transtornos Psicossociais no Trabalho: A Situação das Indústrias Brasileiras”, 23% dos transtornos mentais que mais afastaram na indústria brasileira no período de 2009 a 2013 estavam diretamente relacionados ao uso de drogas. Ainda segundo o levantamento, feito pela Universidade de Brasília a pedido do SESI Nacional, foram 28.693 afastamentos por mais de 15 dias em 5 anos. Destes, 32% foram devidos ao uso de álcool e 68% devidos ao uso de cocaína e outras substâncias psicoativas.

Estatísticas da Organização Mundial do Trabalho (OIT) indicam que 20% a 25% dos acidentes de trabalho no mundo envolvem pessoas intoxicadas que se machucam a si mesmas e a outros. A entidade aponta o uso de álcool e outras drogas no local de trabalho como um problema de saúde pública que deve ser abordado sem discriminação. Cálculos do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) mostram que o Brasil perde por ano US$ 19 bilhões em razão do absenteísmo, acidentes e enfermidades causadas pelo uso do álcool e outras drogas.

Serviço:O que: Fórum Itinerante pela Qualidade de Vida – palestras "O Impacto das Drogas no Ambiente de Trabalho" e “Todos pela Prevenção”, com atendimento da unidade móvel do Centro de Referência sobre Drogas do governo do estado do CearáQuando/hora: 25 de agosto, a partir das 9hLocal: SENAI de Maracanaú - Av. do Contorno, 1395

Nenhum comentário:

Postar um comentário