domingo, 11 de outubro de 2015

Lulinha recebeu cerca de R$ 2 milhões do petrolão, diz delator

A defesa de Lulinha disse que "o sr. Fábio Luis Lula da Silva jamais recebeu qualquer valor do delator mencionado"
O operador do PMDB Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, disse em seu acordo de delação premiada que um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva foi beneficiado por pagamentos do esquema de corrupção na Petrobras.

Neste domingo, o jornal "O Globo" publicou a informação de que Baiano contou em sua delação que teria quitado gastos pessoais de Fábio Luis Lula da Silva, o Lulinha, primogênito de Lula, no valor de cerca de R$ 2 milhões.
O acordo de Fernando Baiano foi homologado na última sexta-feira pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.

O Instituto Lula afirmou que não fará comentários sobre a delação envolvendo o ex-presidente e seu filho. A defesa de Lulinha disse que "o sr. Fábio Luis Lula da Silva jamais recebeu qualquer valor do delator mencionado".

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário