quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Tio de prefeito preso suspeito de participação na morte de radialista.

Gleydson foi assassinado no dia
06/08/2015
Francisco Pereira da Silva, conhecido como Chico Dentista, foi preso na manhã de ontem suspeito de participação na morte do radialista Gleydson Carvalho, assassinado a tiros em 6 de agosto, em Camocim (a 379 km de Fortaleza). Chico, 51, foi preso por agentes da Coordenadoria de Inteligência (Coin) em Martinópole (a 334km da Capital), onde mora. Ele é tio do prefeito do município, James Bel.


De acordo com a assessoria da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, havia um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que seria um dos articuladores e financiadores do crime.

O delegado Herbert Ponte e Silva, titular da Delegacia Regional de Camocim, para onde o suspeito foi encaminhado inicialmente, disse que Chico negou participação no crime. Segundo o delegado, Chico é irmão de Batista Dentista, suspeito de ser o mandante do crime. “Acredito que eles contrataram pistoleiros e deram todo suporte financeiro e logístico”, disse Herbert.

Gisele de Souza Nascimento, 23, e Francisco Antônio Carneiro Portela, 18, ambos sem antecedentes criminais, foram presos em 7 de agosto suspeitos de participação no homicídio. Já Daniel, apontado como o responsável por entregar aos autores do homicídio a motocicleta usada na fuga, foi preso em 20 de agosto e solto em seguida. O casal Thiago Lemos da Silva e Regina Rocha Lopes foi detido em Goiás, no dia 25 de setembro.


Ainda conforme o delegado, a Polícia continua investigando o caso.

Fonte: http://www.opovo.com.br/app/opovo/cotidiano/2015/12/03/

Nenhum comentário:

Postar um comentário