sábado, 12 de março de 2016

Homofobia. Transexual jogado de caminhão em movimento no municipio de Aracati

Fotos extraídas do Facebook
Na noite de sexta feira, (11/03) o jovem Alailson, conhecido como Laysa Silva, foi agredido por um caminhoneiro que o jogou do veículo em movimento. Lailson sofreu ferimentos graves, foi socorrido ao Hospital Municipal de Aracati - HMED-  foi transferido para um hospital em Fortaleza e segundo informações seu estado de saúde encontra-se estável. A Organização da Diversidade Aracatiense - ODARA - lançou uma nota de repúdio contra a transfobia e hoje os travestis não estão no ponto dos caminhoneiros, próximo ao Posto BR na entrada da cidade.

A Organização da Diversidade Aracatiense – ODARA, em nota, comunica a todos e todas que Laysa Silva encontra-se sob cuidados médicos e foi encaminhada à Fortaleza para novos procedimentos.

“Apesar da gravidade, os profissionais que a atenderam informaram que sua situação é estável. Aproveitamos o ensejo para lançar nota de repúdio a qualquer tipo de discriminação, fobia, abuso, violência, negligência e hostilidade. Somos sim todos diferentes e devemos ser respeitados em nossas diferenças. Mais amor, menos violência! Diga NÃO a transfobia! ‪#‎EstamosComVocê ‪#‎SomosTodxsIguais ‪#‎TransfobiaNão ‪#‎MaisRespeito”

Tiego Cruz, um dos coordenadores da ODARA, publicou em sua página no Facebook notas de repúdio por tamanha violência. 

Logo ao tomarem conhecimento do caso, inúmeros internautas lançaram notas de protestos e até campanhas com artes são publicadas contra a violência ocasionada pelo preconceito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário