quinta-feira, 17 de março de 2016

Primeira biofábrica de controle de pragas do Ceará será inaugurada em Icapuí nesta sexta-feira (18)

Usar a natureza em favor da própria natureza foi o recurso encontrado por empresas especialistas em controle de pragas como alternativa para reduzir o impacto ambiental de defensivos e proporcionar um resultado mais duradouro ao controle de produção. O setor já havia notado o aumento da procura por alimentos orgânicos, nos últimos anos. Isso favoreceu o crescimento do número de biofábricas no Brasil, especialmente aquelas
especializadas no controle de endemias agrícolas por meio de agentes biológicos como ácaros, fungos, insetos entre outros. Além do benefício ambiental, a tecnologia também é vantajosa na relação custo-benefício a longo prazo e é um complemento aos tratamentos com base em defensivos agrícolas de origem química.

Observando a demanda no Ceará e na região Norte e Nordeste como um todo, a Agrícola Famosa, fazenda produtora de frutas e hortaliças, resolveu investir na criação da primeira biofábrica para controle biológico do Estado, a Top Bio, que terá seu primeiro laboratório inaugurado nessa sexta-feira (18), a partir de 10h30 horas, com a presença do governador Camilo Santana (PT). Ao todo, estão previstos: a construção de cinco laboratórios; 12 estufas de produção; e até cinco produtos até o final de 2016. A intenção é ampliar esses números nos próximos anos.

No início, a produção da Top Bio será limitada ao Ceará e à algumas culturas de grãos, frutas e leguminosas, mas a pretensão é expandir o negócio para toda a região Norte-Nordeste, mantendo a sede no Ceará, e atender todos os tipos de cultura, seja de frutas, legumes, verduras, flores etc.


Como funciona

O modelo de negócio da Top Bio integra a venda de agentes a uma assistência personalizada ao produtor agrícola. Mas como escolher o melhor tipo de tratamento para a plantação? Marcos Bellini, biólogo doutor em controle biológico de pragas e sócio da Top Bio, explica que “o produtor entra em contato e nossos consultores vão até a área dele para analisar o tipo de praga, o tipo de cultura e fazem um levantamento. A partir daí eles informam qual produto é mais indicado para cada caso”, diz. Ainda segundo o biólogo, dependendo do caso e da localização do terreno do cliente, será possível passar as informações e fotos da área e da praga por e-mail para obter a assistência de forma remota.


Mais informações:
AD2M Engenharia de Comunicação

www.ad2m.com.br | (85) 3258.1001

Camila Lima
camilalima@ad2m.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário