sexta-feira, 27 de maio de 2016

Fatalidade pode ter sido causa da morte do PF Manuel Monte em Aracati

A reportagem do Aracati em Foco e TV Sinal de Aracati,  preocupados com a onda de boatos sobre possível motivação que ocasionou o óbito que teve como vítima por disparo de arma tipo espingarda socadeira,  formos em busca de informações junto as autoridades policiais de Aracati.

Colhemos informações que indicam maior probabilidade de ter havido uma fatalidade, mesmo considerando que a autoridade policial não pode descartar nenhuma linha de investigação,  mas, tudo leva a crer que o Polícia Federal aposentado e ex comandante da Guarda Municipal de Aracati,  Sr. Manuel Lima Monte (65 anos), ele que se encontrava em sua casa no Sítio São Chico no dia 26/05/16, muito provavelmente teria sido vítima de um
acidente durante manuseio com a arma.

Segundo relatório apresentado,  após ouvir as testemunhas,  o Policial Federal (aposentado) Manuel Monte resolveu praticar alguns tiros com uma espingarda tipo socadeira. O caseiro e amigo da vítima enchia os cartuchos com pólvora a serem utilizados pelo patrão que, do alpendre,  fazia mira em um alvo de pedra providenciados por eles. Manuel Monte teria efetuado dois disparos que teriam resultado em estampidos "chocho", e que,  ao abrir a arma no local por onde injeta a munição,  provavelmente acumulado por gazes ocasionados pelos disparos seguidos por estranho barulho,  Monte teria sido atingido por um tiro saído pela culatra.

As testemunhas em total de três,  movidos pelo barulho da espingarda ao chão, em seguida do corpo ao chão, despertou a atenção de todos que visualizaram a vítima ensanguentada apresentando uma perfuração na testa. As testemunhas disseram aos policiais que "descartam a possibilidade de suicídio, pois a vítima não teria motivos para tal ato".

No Hospital Municipal Eduardo Dias - HMED - foi acionado o rabecão para recolhimento do corpo de Manuel Monte,  porém foi negada a presença de um perito em consequência da remoção da vítima do local na tentativa do caseiro e dois amigos terem levado a vítima ao hospital na tentativa de salvar a sua vida.

Ao tomar conhecimento do fato,  o superintendente da Polícia Federal em Fortaleza enviou ao Sítio São Chico em Aracati,  uma equipe de agentes,  papilocopistas e peritos com intuito de promover uma perícia no local. Os agentes recolheram armas, cartuchos e munições na casa da vítima.

A Polícia Civil de Aracati aguardará o resultado da perícia forense para apresentar no prazo de 30 dias o resultado do inquérito policial.


Manuel Lima Monte tinha um bom relacionamento junto a sociedade aracatiense e mesmo antes de assumir o comando da Guarda Municipal de Aracati - o mesmo já havia conseguido viaturas, computadores e proporcionar cursos de capacitação aos agentes da GMA onde prestou relevantes serviços



Nenhum comentário:

Postar um comentário