quarta-feira, 17 de agosto de 2016

CAGECE desperdiça água em Canoa Quebrada e comete dois crimes ambientais

  
Após recebermos denúncias de moradores da Vila dos Estêvão e Canoa Quebrada, fomos nesta terça feira (16) verificar o local e realmente o caso é mais sério do que se imagina. "A comunidade não tem água em casa enquanto a CAGECE desperdiça de dia e noite. É muita água, tudo isso aqui vira lagoa e faz trilha pelas falésias abrindo enorme erosão", disse Oscar Della Santa.

DENÚNCIA DE CORRUPÇÃO

Oscar Della Santa (Índio) afirmou a nossa reportagem que há anos foi feito uma desapropriação de terrenos no alto em Canoa Quebrada. O valor pago teria sido R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) por um terreno que seria do  "Sr Joventino"
e o intuito seria a construção da casa de comando da Cagece, porém, a mesma foi instalada com todo o equipamento na área de proteção ambiental do Estêvão. Segundo informações, a denúncia já foi apresentada junto a Procuradoria Geral do Estado.

Fotos: Sandro Guimarães
Alex, outro morador da comunidade mostrava indignado a porta dos fundos da Casa de Comando da Cagece; "Isso é uma falta de respeito e compromisso com a população. A porta aqui fica só encostada exposta a ação de possíveis atos de vandalismo, o risco é grande, já pensou se um rato envenenado cair aqui nesse poço onde as máquinas puxam a água para as caixas nas casas? Isso é um descaso", reclamava.


Segundo moradores, o problema é antigo e sempre houve vazamentos, mas ultimamente, com a grande preocupação da estiagem que assola todos os municípios do estado do Ceará, o caso em Canoa Quebrada é gravíssimo pois, é a própria Cagece que desperdiça água e não apresenta uma solução sequer.

Na foto ao lado, é visível o rastro de água desperdiçada, e o impacto ambiental sobre as falésias que há tempos sofre com a erosão provocada pelo descaso e falta de zelo pelos operadores da Companhia de Água eEesgoto do Ceará - CAGECE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário