sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Após Promotores de Justiça se manifestarem em coletiva, queremos registrar uma errata do bloggue

                                                                 ATUALIZADO 
                        EM 26/08/2016 AS 15:42HS.  
Resultado do relatório da CPI 
 na câmara municipal de Aracati.
O  MPCE faz investigação a parte
O Ministério Público do Ceará em Aracati, fez o pedido de prisão temporária (e não preventiva conforme havíamos anunciado anteriormente) da primeira dama e ex-titular da Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho do município de Aracati, Eline Gomes. O Aracati em Foco, a exemplo de outros meios de comunicação na cidade, anunciaram que; "o pedido de prisão também foi feito para Sandra Martins" a então assessora da ex-secretária na SEMAST, e conforme entrevista coletiva para imprensa ao meio dia e trinta (12:30h)  desta sexta-feira (26), o pedido de prisão temporária foi apenas para
Eline Gomes. 

O juiz da 3° vara de Justiça de Aracati Dr. Jamyerson Câmara Bezerra acatou o pedido. Alguns desencontros de informações também foram alvos de controvérsias pelas redes sociais que, desde cedo se comentava justamente devido o
pedido de prisão ocorrer em segredo de justiça. 

O relatório da CMA, Sandra Martins
foi acusada pelos artigos acima,mas,
ela ainda está sob investigação do
MPCE
Por volta das 10:30hs de quinta feira (25) a polícia civil realizou diligencias até na localidade de “Beirada” em busca da primeira dama, porém sem êxito. Até o fechamento dessa edição, a denunciada se encontrava foragida e poderia estar abrigada na capital cearense. Segundo informações, um famoso e caro escritório de advocacia teria sido contratado para fazer a defesa da primeira dama.

O assunto foi bastante debatido durante os programas na FM Canoa de Aracati nesta quinta-feira (25). O Site Aracati em Foco (www.aracatiemfoco.com.br) procurou saber detalhes do MP, mas não conseguimos informações  até porque o processo corre em segredo de justiça.

viatura da Polícia Civil à procura da
primeira dama no sitio beirada

Operação Lata Velha

O Ministério Público-CE, de posse da análise dos resultados de ação de busca e apreensão resultante da operação realizada no dia 06/05/16, com apoio das Polícias Civil e Militar apreenderam documentos e HDs tanto na casa do prefeito quanto na casa da assessora da primeira-dama.

Promotores Virginia Navarro (Aracati)
e Cleiton Sena (Russas) concederam
coletiva de imprensa para falar sobre
a operação em Aracati
Durante a operação “lata velha” deflagrada em diligência que apurava suposto recebimento de propinas envolvendo a primeira-dama e ex-secretária de Assistência Social de Aracati, Eline Gomes, assim como sua assessora da Assistência Social acusada de comandar o esquema de recebimento de propina em 20% de uma empresária, onde a mesma alegou que não “suportava mais” o peso da propina em seu negócio, a empresária resolveu denunciar o suposto esquema ao MP.

Segundo o MP, a empresária alegou que não “suportava mais” o peso da propina em seu negócio e resolveu denunciar o suposto esquema ao órgão.
"Lata velha"

Os recursos vindos do superfaturamento eram justificados com a finalidade de “reformar” a frota de ônibus da Secretaria de Assistência Social, em ação semelhante ao quadro “Lata Velha”, do programa de televisão Caldeirão do Huck. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário