domingo, 28 de agosto de 2016

POLÍCIA CIVIL INVESTIGA PÁGINA QUE PROMOVE DOAÇÃO DE CRIANÇAS NO CEARÁ

Uma página cearense em uma rede social é investigada por promover a doação e adoção de crianças na internet. Com o título "Quero doar meu bebe fortaleza Ceara", a comunidade reúne cerca de 800 membros. Apesar de ser do Ceará, usuários de estados como Goiás, Espírito Santo e
São Paulo também fazer pedidos por crianças.

Em uma das mensagens uma uma mulher solicita, "alguma mãe sinhá querendo doar um bebê...não importa o sexo", afirma. Ele também escreve que já tem até o enxoval. Uma outra mulher, do Rio de Janeiro, diz querer uma menina, de preferência recém-nascida e de cor branca.

Não há uma negociação explícita, porém a página pede que os "detalhes sejam conversados no privado". A página diz que se trata de adoção consensual, quando a mãe escolhe para quem dará a criança.

O Ministério Publico explica que adoção consensual é permitida, porém a pessoa tem que passar por todos os trâmites da Justiça. O MP encaminhou o caso para a polícia para que seja analisada a forma que essas trocas de informações são feitas.

A Delegacia da Criança e do Adolescente investiga o caso, mas, preferiu não falar sobre o caso. No fim da tarde desta sexta-feira (26) a página foi retirada do ar.

Fonte: G1 Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário