domingo, 18 de dezembro de 2016

INÉDITO. indignada pela falta de atendimento para mãe infartando, filha filma detalhes do descaso no hospital polo em Aracati

A denunciante filma a real
situação na emergência do
HMED e vai até o quarto
de repouso dos médicos.
FOTO: REPRODUÇÃO
VÍDEO DO FACEBOOK
Situação de completo estado de abandono, filmado na manhã de sexta-feira (16/12) por Gracyenne Albuquerque, onde sua mãe estava tendo um ataque cardíaco na emergência do HMED - Hospital Municipal Dr. Eduardo Dias em Aracati.

A denunciante registrou pela câmera do celular, imagens com áudio em todo o setor de urgência e emergência daquela unidade de saúde. Nos leitos da emergência apenas um enfermeiro e uma outra funcionária em atendimento a pelo menos vinte e um pacientes. No setor de enfermaria não há sequer um só paciente internado por falta de profissionais.

A denunciante consegue filmar também todas as enfermarias do setor de internação e não há sequer um responsável que responda pela unidade.  

Gracyenne Albuquerque consegue com facilidade chegar até o quarto de repouso dos médicos plantonistas, ela bate na porta, um médico aparece. Ela pergunta "você vai ficar aí e deixar que minha mãe morra sem atendimento? ". Ele, que é médico anestesista,  responde; "que não era o médico de plantão"

Toda essa situação é decorrente da greve dos profissionais da saúde que já perdura mais de uma semana. Também, a falta de material para simples curativos até medicamentos para atendimento de grande
complexidade já faz parte da rotina do Hospital considerado polo atendendo aos municípios de Aracati, Icapuí, Itaiçaba e Fortim as vezes recebendo pacientes de Beberibe Em boa parte dos casos, familiares dos pacientes precisam comprar materiais nas farmácias da cidade. 

O prefeito de Aracati, assim como o secretário de saúde municipal, há mais de um ano não conseguem normalizar o pagamento do salário dos servidores onde, geralmente acumulam os vencimentos entre dois a quatro meses em atraso.
 
O problema se arrasta também na maioria dos PSFs da cidade e interior. Um enorme rombo em todas as secretarias do município ficará para a próxima gestão municipal.
“Será que a próxima gestão conseguirá realizar o maior carnaval do estado do Ceará, meio ao caos instalado em Aracati que vai desde a falta de água até o rombo nas finanças públicas, além do desmonte na prefeitura a ser herdado? 


Essa é realmente uma situação que preocupa a grande maioria dos aracatienses e que certamente terá toda atenção por parte da nova gestão que será renovada a partir de janeiro de 2017, e que será observado pelo Ministério Público do Ceará presente no município de Aracati

3 comentários:

  1. Quero ver se o prefeito eleito e bom liso ....isso é o tipo um Vai colocando culpa no outro..só queixo de politico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente você era do outro partido que conseguiu deixar o aracati nessa situação. O novo prefeito ele pode sim reverter toda essa situação se realmente souber administrar com criatividade e honestidsde.

      Excluir
  2. Em fim vamos torcer para tudo da certo por que pior não pode ficar..

    ResponderExcluir