quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

MP emite mais um parecer contra a soltura de 44 PMs suspeitos da chacina de Messejana

Em protesto, familiares e amigos dos PMs presos deram um "abraço" no Quartel do 5º BPM

O Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) emitiu nesta terça-feira (6) mais um parecer contrário ao pedido de liberdade para os 44 policiais militares presos sob a suspeita de envolvimento na chacina de Messejana. Os 44 servidores da Segurança Pública estão cumprindo prisão preventiva desde o fim de agosto, portanto, há cerca de quatro meses, quando foram denunciados perante a Justiça por uma
força-tarefa do MP.

Diante da recusa do Judiciário em conceder o habeas Corpus aos militares, movimentos em defesa dos PMs estão se mobilizando nas redes sociais para que um abaixo-assinado eletrônico seja encaminhado às autoridades pela soltura dos servidores.

Fonte: Jornalista Fernando Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário