sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Rafaela Silva é homenageada na Noite das Personalidades, em Canoa Quebrada

22-12-2016  Junior Ribeiro - Repórter e apresentador. Rádio, TV e Web
Evento realizado em Canoa Quebrada quebrou o protocolo e homenageou atletas de outras modalidades, incluindo Rafaela Silva; craques do futsal brasileiro marcaram presença

A 14ª edição da Noite das Personalidades teve como destaque a homenagem feita para a judoca Rafaela Silva, campeã olímpica nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O evento aconteceu na noite da última segunda-feira (19) na paradisíaca praia de Canoa Quebrada, em Aracati, interior cearense.

Conhecida nacionalmente no mundo do Futsal, a premiação organizada por Francisco Segundo Costa quebrou o protocolo e homenageou dois atletas de outras
modalidades, além de reverenciar a imprensa que cobre o esporte da bola pesada. Muitos técnicos, jogadores, comentaristas e convidados tanto do Futsal cearense quanto de outros estados estiveram na Noite das Personalidades.

Campeã olímpica em 2016 e mundial em 2013, no peso leve (até 57 kg), Rafaela Lopes Silva marcou presença, sendo homenageada com o troféu especial da noite e sendo aplaudida de pé. Wendel Jesus, atleta do Handeball, natural de Aracati, também foi agraciado pelos serviços prestados ao esporte local. O jogador já atuou pela Seleção Brasileira juvenil e júnior e disputou a Liga Nacional da modalidade recentemente pelo Maracanã-CE. No fim de semana, Wendell foi vice-campeão cearense pela ADAHA/Aracati.

Em seu discurso, Rafaela agradeceu a homenagem e revelou que jogou Futsal quando criança: “Eu já joguei bola quando era mais nova, mas não tinha muito talento para isso e acabei indo para o judô. Felizmente deu certo e hoje após todo trabalho que passei na infância consegui comprar meu carro, minha casa e ajudar minha família, que é o mais importante. Eu só queria agradecer a todos dar parabéns aos outros homenageados da noite”, disse a judoca.

Saiba mais: Rafaela Silva é a terceira mulher a conquistar ouro em provas olímpicas individuais pelo Brasil

Em entrevista, Rafaela opinou a respeito do crescimento do judô no país: “Esperamos que com a visibilidade que os Jogos tiveram aqui no Brasil, o judô melhore cada vez mais. Não só de investimento no esporte, mas também com crianças entrando no judô. Não apenas para ser um grande atleta profissional, também um cidadão. Tem atletas que não querem ser de alto rendimento, prefere fazer uma faculdade, terminar os estudos.”

Questionada sobre o ouro na categoria até 57kg na Rio 2016, Rafaela disse: “É o sonho de qualquer atleta, ganhar uma medalha olímpica, poder conquistar o ouro dentro de casa. Não tem sensação melhor que essa, mesmo que em Tóquio 2020 eu consiga outra medalha, acho que não vai ser a mesma sensação do que conquistar uma dentro de casa.”

A respeito dos projetos sociais que usam o judô como forma de integração, a carioca disse: “Estamos tendo um pouco mais de visibilidade, a gente espera isso não só no instituto que eu consegui uma medalha, mas em outros também. É fácil as pessoas quererem investir quando já se tem o resultado, mas antes desse resultado passamos por muita coisa ninguém sabe. A gente espera que olhem por essas pessoas também.”

“Antes eu passava na rua e as pessoas olhavam para meio desconfiadas, levantavam os vidros dos carros. Agora fui a um evento só com atores da Globo e eles querendo tirar foto comigo, então mudou bastante”, finalizou Rafaela.

A Noite das Personalidades é um evento que premia nomes que se destacaram durante todo o ano. Com o lema “reconhecer é preciso”, não só jogadores receberam o prêmio. Na categoria comentaristas, Marcelo Rodrigues (SporTV) e Octávio Bocão (Esporte Interativo) foram premiados. Descontraídos, ambos falaram ao público sobre a concorrência saudável, os anos de amizade e a honra em receber o prêmio.

O sub-20 cearense também teve grande destaque na festa. Kauê Brasil e Eduardo Araújo, ambos do Grêmio Recreativo Pague Menos, e Misael Sampaio (SESC Fortaleza), receberam o prêmio como destaques da temporada. O SESC foi campeão estadual na categoria, tendo o Pague Menos na segunda posição. Aracati caiu nas quartas de final.

André de Cesares (Pague Menos) e Abideu Fernandes (SESC) ganharam o troféu de técnicos do ano. Ambos fizeram ótimos trabalhos no sub-20 cearense. O Coronel Cleyton, da equipe dos Bombeiros, foi eleito o melhor diretor de futsal de base. Nesta temporada, a equipe da capital alencarina foi campeã estadual nas categorias sub-9, sub-11, sub-13, sub-15 e sub-17. No profissional, dois treinadores levaram o prêmio: Deividy Hadson (campeão da Copa TV Verdes Mares e bicampeão do estado pelo Horizonte) e Paulo César Teixeira Cardoso (Pague Menos).


Destaques do futsal nacional também marcaram presença no evento. Entre eles estavam: Caio (Minas e Seleção Brasileira), Augusto (Intelli Orlândia), Vinicius Zico (Seleção Brasileira e ex-Carlos Barbosa), Felipinho (Toledo), Rafael Maciel (Pague Menos) e Renan Dantas Pontes (Intelli Orlândia).
 

Fonte: https://www.vavel.com/junior-ribeiro/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário