sexta-feira, 30 de junho de 2017

Oito vereadores do município cearense de Itarema são presos preventivamente

Oito dos 13 vereadores do município de Itarema, no litoral oeste do Ceará, foram presos de forma preventiva por suspeita de terem cometido estelionato e falsidade ideológica no exercício do mandato. As prisões aconteceram nessa quarta-feira (28) dentro da segunda fase da Operação Fantasma, deflagrada pelo Ministério Público do Ceará.

Segundo as investigações, a Câmara Municipal de Itarema contratou diversos funcionários fantasmas, que recebiam sem ir
trabalhar. Esses funcionários estariam repassando parte dos salários para os vereadores que foram presos.


A Justiça determinou o afastamento dos vereadores e de servidores da Câmara envolvidos no esquema. A reportagem tentou contato com a Câmara Municipal e com a prefeitura de Itarema, mas não obteve resposta.  

FONTE: 
http://radioagencianacional.ebc.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário