sábado, 29 de julho de 2017

Em Aracati família tomada de refém por casal armado.

Não basta estar preso dentro de casa, é preciso estar sob grades.

Essa é a real situação do cidadão seja
em Aracati ou qualquer que seja o município brasileiro onde, as leis penais são benevolentes com os criminosos. O problema da violência também não se resolve apenas aumentando um contingente de uma companhia de policiamento ostensivo de trinta homens ou muito menos a chegada de um batalhão com
trezentos policiais.

Claro que o princípio de tudo deve ser investido em educação, mas, para quem quer ser cidadão de bem. No Brasil se faz necessário o endurecimento de penas para os fora das leis. Construção de cadeias, presídios, fazer uma triagem entre aqueles que praticam crimes por 'necessidade' separando-os daqueles que cometem crimes ou delitos por profissão ou prazer pela pura maldade.

Na noite de sexta-feira (28) um casal armado, ele com um punhal, ela com um revolver invadiram uma residência em Aracati por volta das 21 horas na Rua Cônego João Paulo, proximidades da  Indústria Alimentícia EBBA, no centro de Aracati.

"Perdi todos os meus contatos pois fui assaltada a pouco tempo. Levaram meu celular", anunciou a advogada Rosângela Morais.

Bastou apenas que a porta estivesse aberta, o que uma das vítimas relata referindo-se como um "descuido", ou seja, ainda cedo da noite o cidadão dentro do próprio lar não pode ter a liberdade de ter sua porta aberta para tomar um ar fresco ou apenas por alguns minutos para receber visitas.

"Eles entraram, trancaram a porta e nos ameaçaram armados com punhal e revolver. Por pouco não aconteceu uma tragédia, graças a Deus que estamos bem", relatou a advogada que foi uma das vítimas do assalto.

Então de nada vai adiantar procurar culpados para o aumento do índice de assaltos e outros tipos de ações criminosas. Os culpados são os próprios criminosos, é a responsabilidade para a mudança desse quadro passa por uma reforma no código penal brasileiro.

Pensar que aumentar o número de policiais nas ruas resolverá os casos de criminalidade é utopia. Não dá para ter um policial em cada porta de residência ou comercial. Mais policiais nas ruas pode até passar uma sensação de segurança, mas enquanto as penas forem brandas teremos apenas mais policiais enxugando gelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário