sexta-feira, 14 de julho de 2017

Pedras soltas no centro de Aracati têm ocasionado acidentes com motociclistas

Mesmo após um acidente ocorrido no dia 26 de junho (foto), o perigo para quem transita de moto pelo centro de Aracati continua cada vez mais iminente. A Rua Coronel Alexandrino  (Rua do Comércio) em vários pontos como os trechos próximos à Vale Fértil, agências bancárias, Casa Zuca Bonfim, Igreja do Nicho e em outros pontos, são considerados verdadeiras
armadilhas principalmente para motociclistas.


Essas pedras acabam proporcionando facilmente acidentes pelo simples contato da borracha dos pneus das motos que, ao calçar nas quinas dos pararelepipedos soltos, as pedras acabam por se deslocar e assim não é difícil derrubar os condutores.

Mesmo após relatos de acidentes no centro da cidade, nenhum órgão competente tomou qualquer providência  quanto ao reparo  desses pontos críticos.
Quando fazia o registro da foto acima, quase esquina da Rua Coronel Alexandrino com a Rua Tabelião João Paulo, um cidadão de nome José Maria me relatou que naquele mesmo dia (quinta-feira 13), por pouco não presenciou  um grave acidente. "Uma moto passou por cima desse buraco, o pneu fez pressão numa pedra solta de aproximadamente meio kilo e a pedra sacou numa velocidade até essa calçada e por muito pouco não atingiu a perna de uma senhora que passava aqui pela esquina ", disse José Maria
No dia 04 do corrente mês encaminhei uma sequência de fotos tirados de alguns pontos críticos no centro, enviei para o whatsapp de três acessores da prefeitura de Aracati alertando para o perigo mas, até o presente momento nenhuma providência foi tomada.

Um comentário:

  1. Com muita preocupação vejo o desmontar da nossa cidade. Fantástico documentário Jornalista Sandro Guimarães, não se intimide, registre, mostre, as autoridades não leem as postagens,não interessa a eles tal coisa e sim seus fartos salários sem que nada façam. Eles não leem, mas seus seguidores leem e divulgam, isso é a glória do seu maravilhoso talento e trabalho honrado. Parabéns.

    ResponderExcluir