segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Meio a imoralidade em Brasília, só vejo uma solução: apostar na renovação

Eduardo Bismarck
é família. Foto de
seu Facebook
Sábado (12) participava de um bate papo entre amigos que gostam de debater sobre política e ultimamente, tenho mais escutado do que opinado, mas, um dos amigos sentindo que eu não me manifestava acabou por me questionar sobre o
assunto eleições 2018, mais propriamente sobre: "quais os políticos teriam melhores condições para fazer algo em benefício do nosso Aracati"!

Minha análise foi a seguinte: apesar da classe política estar
muito desgastada pelos escândalos que envolvem todas as esferas dos poderes constituídos, não podermos perder a esperança de que é possível sim separar o joio do trigo. Apesar de não podermos assegurar 100% de garantia sobre, as boas intenções daqueles que venham a colocar seus nomes a disposição para análise do eleitor, não podermos entregar os pontos.

Particularmente não acredito em perfeição aqui na terra, mas, ultimamente temos boa parcela de culpa por termos perdido a oportunidade de escolher aqueles que realmente fossem nossos legitimos representantes. Que assumam compromissos em defender a nossa terra, nossa região do Vale Jaguaribano e esse extenso Litoral Leste cearense.

Temos votado em muitas pessoas que sequer tenham vínculos e responsabilidades diretamente com nossa região. Tenho visto a população sair rateando seus votos praticamente para todos os candidatos a deputados federais e estaduais que por muitas vezes nem por essas bandas tenham pisado.

Perguntei ao grupo de amigos se, ao menos a população lembra quando foi que tivemos representantes legítimos diretamente antenados e a disposição para atender aos anseios de nosso município, e esse vínculo obrigatoriamente precisam fazer elo entre o prefeito e outros colegas políticos. O que temos visto foram apenas "remendos mal feito" e muito faz-de-conta.

Aracati precisa ter seu próprio representante (legislador) lá em Brasília, que tenha linha direta e de fácil acesso a disposição de nosso prefeito que conhece cada item de dificuldades herdadas e que precisam ser superadas.

Sinceramente, meio a tudo que estamos vendo por aí, só imagino uma saída para enfrentarmos essa crise que começou com o poder legislativo, RENOVAÇÃO GERAL naquele congresso nacional! 

Eu espero que o jovem e preparado Eduardo Bismarck, queira encarar esse desafio para ser esse nosso representante em Brasília, pois tem vínculo com a nossa terra desde garoto. 

A exemplo do pai, tem orgulho de nosso município, é um jovem que ama a família, é de uma simplicidade rara, conversa olhando nos olhos de qualquer cidadão sem fazer qualquer distinção, tem conhecimento sobre as leis, tem senso crítico, comunicativo e o melhor de tudo, tem discernimento, generosidade e é atencioso.

Para o governo estadual, eu gostaria muito que houvesse um envolvimento direto da parte do grupo do Cid Gomes, pois, nenhum outro deu maior atenção ao nosso município através de ações em projetos e obras que beneficiaram e continua até hoje, sendo as maiores realizações em prol de nossa ascensão e de todos os municípios interligando nosso extenso litoral até Fortaleza.

Não podemos jogar a toalha no chão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário