quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Polícia X Bandidos. O desabafo indignado de um PM do Fortim-Ce

Um policial lotado na comarca do município de Fortim-Ce, fez um desabafo indignado e notadamente com a voz 'embargada' causada pela emoção ou até mesmo pela 'decepção', devido a batalha diária da polícia ostensiva, e praticamente ver como resultado, todo um trabalho de caça aos bandidos indo por
água abaixo. O desabafo indignado foi registrado através de mensagem de voz pelo WhatsApp. O PM relatava a um amigo o seguinte:

        "- É... Boa noite ou bom dia amigo... primeiramente ainda estou doente devido tanto sacrifício para prender um bandido desse (foto) e depois que a gente prende a lei manda soltar. É lamentável que um indivíduo desse que sexta-feira cometeu um roubo com o Nicolas aqui do Fortim, mais outro elemento, assaltaram um professor que estava chegando em sua residência e estava colocando o carro na garagem esse indivíduo e mais dois. Esse indivíduo, o Nicolas mais um elemento aqui do Fortim um menor, a mão armada subtraíram o Fiat Palio 2015 do mencionado Professor que inclusive é irmão de um sargento do corpo de bombeiro. Iniciando as diligências conseguimos encontrar o veículo na localidade de Podoi, distrito aqui do Fortim, mas ainda não sabíamos quem eram o autor do roubo desse veículo. Esse indivíduo veio aqui para o Fortim, numa casa ali no bairro Maloca, e começou a praticar roubos, furtos, crimes... e por final ele roubou a loja da esposa de um comerciante e subtraiu de lá um celular 'Moto G'  última geração e a quantia de aproximadamente 100 reais.

Foi feito a prisão dele, conduzido para a delegacia de Aracati onde a delegada queria que a gente apresentasse o celular que ele roubou da vítima mas, ele já tinha vendido o celular para um menor que passou para terceiros. O celular não apareceu mas foi confirmado tanto pelo bandido quanto pelo comprador, o receptador que disse que era o celular da esposa do comerciante. Ela perguntou pela arma, ele disse que jogou a arma no rio. Ele confessou que fez o assalto e mesmo assim a delegada achou por bem ouvi-lo e lebera-lo. Não fez a prisão em flagrante porque o roubo tinha sido domingo por volta de uma hora da tarde. Eu estou doente ainda com um negócio desse. É muito difícil o trabalho da polícia que faz tudo, fizemos a nossa parte e a lei não fez a dela. Então "fulano" (nome da pessoa), se você quiser divulgar a foto desse elemento e esse áudio aí, você pode divulgar porque não só eu, mas todos os policiais estamos revoltados. Não com a delegada, porque ela aplicou a lei né! Se ela diz que não dá pra fazer a prisão em flagrante, ela estudou pra isso então vamos acatar né! E pedir a Deus que tome conta desse individuo porque tá difícil de trabalhar aqui no Fortim viu, tá difícil. É um desabafo aqui e se você quiser transmitir para alguém você pode transmitir. Eu não tenho nem palavras. Boa noite!", finalizou o Policial Militar.

Ainda segundo o Policial Militar "esse indivíduo, esse bandido, esse marginal (da foto), já puxou cadeia no presídio em Fortaleza. Esse demônio já tem passagens por assaltos, porte ilegal de arma, roubo qualificado e taí solto novamente e é lamentável né, a gente fazer todo um trabalho pra um elemento desse ta solto... ". O Policial muito indignado falou muito mais, inclusive citando nomes de outros elementos que vivem sendo presos e a lei não segura.

Essa é a dura realidade do caos que se tornou fazer segurança pública onde as leis protegem muito mais os fora das leis do que o próprio cidadão que diariamente vive com medo sendo vítima desse sistema falido. Ou mudam as leis ou então a sociedade vai continuar a mercê da criminalidade. Quanto a polícia... Vai continuar 'enxugando gelo'.

Nenhum comentário:

Postar um comentário