terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Farmácia Viva e Horto Estadual na FVJ

Recebi em meu programa Bom dia Sinal desta terça-feira (30/01) na TV Sinal, a farmacêutica, professora e coordenadora do Curso de Horto Medicinal, Darcielle Dias da FVJ – que discorreu sobre o tema; Farmácia Viva e Horto Estadual. O Horto de Plantas Medicinais da Faculdade Do Vale Do Jaguaribe foi inaugurado em março de 2017, possui atualmente uma área de 21m2x 24 m2, com doze
canteiros de um metro de largura por oito metros de comprimento, sendo nove espécies de plantas medicinais, localizado próximo ao Bloco C.

O cultivo utilizado é agroecológico com o plantio desenvolvido em canteiros com cobertura de sombrite. A implantação do Horto Medicinal ocorreu com apoio do Núcleo de Fitoterapia do Estado do Ceará (NUFITO) sendo realizadas visitas de avaliação do terreno pelos agrônomos do NUFITO e doação das mudas.

Em setembro de 2017 o horto medicinal da FVJ foi convidado pelo NUFITO a aderir ao Projeto: “HORTO DE PLANTAS MEDICINAIS POLOS EM MACRORREGIÕES DO ESTADO DO CEARÁ: ESTRUTURA E FORTALECIMENTO DOS ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS PARA PRODUÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS PARA O SUS”, sendo o Horto de plantas medicinais da FVJ escolhido como um dos cinco Hortos Pólos do Estado do Ceará, tendo como objetivo fundamentar a orientação técnico científica quanto ao emprego das plantas medicinais, tendo plantas medicinais com validação científica e certificação botânica, sendo referência para a região do Vale do Jaguaribe. As farmácias vivas são divididas em três modelos: tipo 1, tipo 2 e tipo 3.

No modelo tipo 1, nós temos um horto de plantas medicinais que são fornecidas à população em sua forma In Natura, para que as pessoas façam seus chás e lambedores.

Nas tipo 2, por sua vez, temos vários hortos dessas plantas e uma área de beneficiamento, assim entrega-se à população as plantas ressecadas em forma de sachês, por exemplo. Na farmácia viva tipo 3, há uma farmácia que conta com um horto de plantas medicinais, um espaço para beneficiamento das plantas e uma área de produção de medicamentos. Na Faculdade do Vale do Jaguaribe iniciamos com a Farmácia Viva tipo 1.

O Horto é fundamental para a formação do profissional na área de plantas medicinais, contribuindo com a formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para que possa atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual.Desta forma, o Horto Medicinal tem possibilitado o cultivo e obtenção de matéria prima de espécies medicinais com identificação botânica correta e de qualidade.

Na perspectiva da promoção do uso correto e racional de plantas medicinal e fitoterápico, diversas atividades são realizadas, entre elas, elaboração e distribuição de material técnico- cientifico (guia fitoterápico ou memento terapêutico, álbum seriado, manual ilustrado de Farmácia Viva); elaboração e distribuição de material informativo (cartazes, folders e cartilhas), oficinas de preparações caseiras, palestras em comunidades, escolas, unidades de saúde, empresas etc.; e distribuição de mudas de plantas medicinais.

Em maio de 2017 os idosos da comunidade de Pedregal foram visitar o Horto, Na ocasião, os idosos foram apresentados à Farmácia Viva e participaram de uma capacitação de manejo adequado de plantas para fabricação do lambedor de cumarú e chá de capim santo, a partir do processo de infusão, no laboratório de Química.  Esse semestre daremos início as nossas oficinas à comunidade, com o Tema: Uso correto de plantas medicinais, iniciando com a Oficina  de preparação de chás e lambedores, no dia 12 de março , turno da tarde , às 14 horas, a participação é gratuita e não demanda inscrição.

Desta forma, a inserção do Horto de plantas medicinais no Curso de Farmácia procura contribuir para um ensino integrado ao serviço público de saúde, principalmente no desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

A gravação da entrevista no programa desta terça-feira 30, está no meu Facebook (Live) Sandro Guimarães 1509

Nenhum comentário:

Postar um comentário