quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Por motivo banal professora é morta por colega em escola do Ceará

A professora morta em Massapê por causa de um chip de telefone celular havia alertado à família sobre as discussões. As duas colegas de trabalho se desentenderam durante o expediente quando uma delas esfaqueou a outra, que morreu no local. 

Foi uma morte por motivo banal que deixou marcas, dor e muita saudade para uma família de Massapê, no interior do Ceará, a 249 km de Fortaleza.

A equipe de reportagem do programa Vem que Tem da TV Jangadeiro/SBT, foi até o município de Massapê para conversar com a família de Beta, que ainda hoje carrega a marca dessa tragédia.

“Ela foi a filha mais mimada da minha vida, foi a minha primeira filha”, lamenta. Vando Mota, marido de Beta, disse em entrevista que a esposa teria alertado sobre as discussões que estava tendo com a amiga por conta do chip que teria desaparecido. “Quando ela veio almoçar, falou que não aguentava mais a amiga perturbando por esse chip”.

A equipe de reportagem também foi até a escola onde o crime aconteceu. Por lá, frases foram deixada por alunos em homenagem à professora. “Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós”.

Fonte: Tribuna do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário