quarta-feira, 25 de abril de 2018

Governo do Ceará dá o primeiro passo para a internacionalização do Aeroporto de Jericoacora, no Litoral Oeste do estado.

O equipamento receberá uma equipe de órgãos federais para inspeções técnicas de avaliação. A primeira visita acontece nesta quinta-feira (26), com representantes da Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. A próxima será no dia 10 de maio de 2018 já com a Departamento de Polícia Federal – DPF e da Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB.

O gerente de Obras e Instalações Aeroportuárias do Departamento Estadual de Rodovias (DER), coronel Paulo Edson Ferreira explica que as equipes vão verificar as instalações do terminal e as visitas vão gerar um relatório, que será repassado para o DER. “O Aeroporto de Jericoacoara foi concebido já visando à internacionalização, então esses órgãos vão verificar se há a necessidade de mais alguma coisa no equipamento, porque a legislação aeronáutica muda muito rapidamente, então é um check list para vermos se realmente a estrutura atende à legislação de cada órgão e se há alguma demanda a mais para que o DER providencie e a gente componha o processo para encaminhar ao Governo Federal”, detalha Paulo Edson Ferreira.

Quando todos os itens checados estiverem de acordo com as normas, um relatório será enviado para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que tem o prazo de 60 dias, a contar do protocolo dos processos, para emitir a certificação. A estimativa do Governo do Ceará é que em até quatro meses o trâmite de internacionalização do Aeroporto de Jericoacoara esteja finalizado.

Operações nacionais
Atualmente, o Aeroporto de Jericoacoara conta com oito operações domésticas semanais que se dividem entre as companhias aéreas Azul e da Gol, que ligam a praia cearense aos estados de São Paulo e Pernambuco. Entre os meses de dezembro e janeiro, na útima alta estação, o equipamento chegou a contar com 10 operações por semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário