terça-feira, 12 de junho de 2018

Vereadores descumprem ordem do TJCE e causam tumulto em sessão na Câmara de Aracati

Diassis Lima
Jornalista
Por Diassis Lima - 12/06
O desembargador Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, Doutor  Francisco Gladyson Pontes, intimou a Câmara Municipal de Aracati na pessoa de seu representante legal para atentar e fazer cumprir a Suspensão de Liminar ou Antecipação de Tutela nr 0624682-98.2018.8.6.000 cuja relatoria foi da Presidência do TJCE.
A Ação Originária nr 0014512-11.2018.8.6.0035 , Ação Civil de Improbidade Administrativa, com Juízo de Origem nas 1° e 2° Varas da Comarca de Aracati FOI DESCUMPRIDA por o Vereador Beto Bugueiro e a  mesa.
Ora, se a Ação Originária que determinou o afastamento da mesa foi suspensa, então todas as ações a posteriori foram anuladas! A Câmara voltaria ao estado anterior. Beto Bugueiro não entregou, mesmo com a Diretoria que estava afastada posicionada eticamente. Ele bruscamente encerrou a Sessão sem ao menos ter começado. Não invocou a presença de Deus e nem cantou o hino da cidade.

Doutor Valdir sentou na cadeira após instantes, mas sua fala foi interrompida por ato de violência ao direito, quando o vereador  médicoe Sérgio Ricardo arrancou o microfone da mesa. Tal ato foi repetido pelo vereador Jocélio Gondim. Valdir Menezes ainda tentou falar de pé, mas não foi possível.

Lamentável a maior autoridade judiciária do nosso Estado, ser desrespeitada por um Presente de Câmara, já na ilegalidade. Vamos aguardar, pois os vereadores da oposição e adeptos , por esse comportamento no mais profundo desrespeito a Egrégia Casa do Povo, numa tremenda falta de decoro.
Será que os aracatiense passaram procuração para baderneiros em nome do Sistema Representativo, neste cansado Estado de Direito Democrático?

Nenhum comentário:

Postar um comentário