sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Projeto OPJ reduz homicídios e aumenta em 150% número de mandados de prisão cumpridos em Aracati

O Piloto do Projeto Oficial de Polícia Judiciária (OPJ), que visa à unificação dos cargos de inspetores e escrivães da Polícia Civil reduziu os números de homicídios em Aracati e aumentou em 150% o número de mandados de prisão cumpridos nos meses de julho e agosto,
em comparação com o mesmo período do ano passado. O Oficial de Polícia Judiciária (OPJ) é um projeto criado pelo Sinpol-CE para dar mais efetividade à atividade policial.
Os resultados demonstram a otimização que o Projeto OPJ poderá proporcionar para todo o Ceará. De acordo com um levantamento feito pelo Sinpol Ceará, a cada 100 crimes de homicídio, apenas oito são elucidados e resultam em indiciamento da Polícia Civil. Se considerados os crimes em geral, como roubos, ameaças, entre outros, esse número pode não chegar a 1%. Em relação aos Boletins de Ocorrência registrados, apenas 2% são instaurados inquéritos.

A cerimônia de encerramento do piloto do Projeto OPJ será realizada nesta sexta-feira, 21, às 20h, no Gervas Campestre’s Buffet. Na ocasião, serão apresentados os resultados obtidos com o Projeto OPJ na Delegacia Regional de Aracati.

De acordo com o levantamento feito pelo Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol/CE), em julho e agosto deste ano, período em que o Projeto OPJ já estava em funcionamento, foram registrados 5 homicídios na cidade. Uma redução de 28%, em comparação ao mesmo período de 2017, quando foram registrados 7 crimes dessa natureza no município.

Ainda conforme o Sinpol Ceará, durante julho e agosto de 2018, houve um aumento de 150% no número de mandados de prisão cumpridos, subindo de 22 no mesmo período de 2017, para 55 este ano. O número de Inquéritos Policiais (IPC) instaurados na Delegacia Regional de Aracati subiram 40%, foram de 80, em julho e agosto do ano passado, para 112 em julho e agosto deste ano. Já os Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) remetidos à Justiça subiram de 25, em julho e agosto de 2017, para 34, em julho e agosto de 2018, com um crescimento de 36%.

Para a presidente em exercício do Sinpol Ceará, Ana Paula Cavalcante, os números positivos refletidos com o Projeto OPJ se deu pela qualidade da equipe da Delegacia de Aracati, que acreditou no Projeto e a desburocratização provocada pelo OPJ, que agilizou todo o processo. “O Projeto OPJ conseguiu provar que quanto mais ágil a investigação, mais sucesso ela vai ter, exatamente em razão da possibilidade mais concreta de se chegar aos elementos de prova que devem compor o Inquérito Policial e fundamentar o relatório final, que vai gerar a possível denúncia e ação criminal”, afirma.

Ainda conforme Ana Paula, caso implantado, o Projeto OPJ poderia trazer resultados positivos para todo o Estado. “Imaginemos que todas as delegacias passassem a trabalhar de forma coordenada, com essa reconfiguração a partir das fusões dos cargos, dentro do que se refere à investigação criminal, os resultados seriam ainda mais potencializados. Pois o OPJ teria toda a estrutura oferecida pelo Estado, haveria um maior tempo para capacitação e estruturação do Projeto e a Polícia Civil daria um salto de qualidade, o que repercutiria em resultados e na diminuição da violência”, ressalta.

Serviço:
Cerimônia de Encerramento do Projeto OPJ
Quando: sexta-feira, 21, às 20h
Local: Gervas Campestre’s Buffet (Estrada Para Pedra Redonda, Aracati)

Nenhum comentário:

Postar um comentário