segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Tipos como o esfaqueador do Bolsonaro não precisa de arma legalizada

violência sendo incentivada travestida de populismo ao longo do tempo tornou o país um antro de libertinagem e deu poderes aos bandidos que agem na certeza da impunidade. Ou o país muda através de um novo governo que combata essa bandalheira patrocinada pela esquerda ou o desmantelo
continuará. Marginais como esse tipo, a exemplo do esfaqueador do Bolsonaro,  que atenta contra a vida de cidadãos que querem moralizar a esculhambação institucionalizada, esse tipo não precisa de exames psicológicos e toda uma burocracia para adquirir uma arma registrada de forma legal, eles não respeitando as leis de um país sem moral, agem livremente através do câmbio negro para adquirir seu intuito para a prática do mal, diferente do cidadão que hoje teme até mesmo conversar fora de casa. Sobre adquirir ou não uma arma de fogo, o cidadão antes de querer ter a posse de uma, deverá se submeter a uma burocracia sem igual e necessária que chega até mesmo a desestimular quem queira comprar uma só para dizer que esta aderindo a moda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário