sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Ataque a carro-forte termina em tiroteio da quadrilha com a PM e 7 bandidos mortos em Russas

Embate ocorreu no começo da tarde desta sexta-feira (23) na zona rural do Município de Russas. Um dos carros usados pela quadrilha foi incendiado pelos bandidos na estrada

Por: Fernando Ribeiro

Sete bandidos morreram durante uma troca de tiros com a Polícia Militar no começo da tarde desta sexta-feira (23) no interior cearense.
O confronto aconteceu no Município de Russas, na região do Vale do Jaguaribe (a 163Km de Fortaleza), quando uma quadrilha, fortemente armada, tentou atacar um carro-forte da empresa de segurança e transportes de valores Corpvs. Outros componentes do bando estão sendo caçados.

A operação policial foi montada e coordenada pelo Comando do Policiamento Especializado (CPE), tendo à frente o coronel Aguinaldo Oliveira, e mobilizou equipes do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque); e do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), através do contingente de Russas.  Participaram também agentes da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública (COIN).

A Inteligência e o  CPE receberam  informações acerca da presença da quadrilha que planejava o assalto ao carro-forte no Vale do Jaguaribe. Foi, então, montada a operação.

Os criminosos partiram para o ataque ao blindado no começo da tarde desta sexta-feira e escolheram como ponto para a abordagem aos vigilantes que transportavam os malotes com dinheiro,  a ponte do ramal de acesso ao Distrito de Flores.
A quadrilha portava artefatos para explodir o carro forte e grande quantidade de grampos com intuito de furar os pneus das viaturas durante a fuga

A quadrilha

Estrategicamente colocou veículos espalhados pela BR-116 para interceptar o carro-forte e incendiou um dos carros na “cabeça” da ponte. A troca de tiros com as equipes da Polícia Militar aconteceu no momento da abordagem.

O bando era formada por cerca de 11 criminosos, todos oriundos das cidades daquela região, como Tabuleiro do Norte e São João do Jaguaribe.


Tiros e mortes

Na primeira troca de tiros com a Polícia, três bandidos morreram na hora, sendo dois deles já identificados como Rérisson da Silva Ferreira, o “Brizola", natural de São João do Jaguaribe; e Edson Ferreira da Silva,o “Lourinho”,  de Tabuleiro do Norte. 
O terceiro não portava documentos nem foi, ainda reconhecido. Os corpos foram levados para o Núcleo da Perícia Forense (Pefoce) de Russas.

Bandidos atingidos
durante perseguição
A caçada aos demais integrantes do bando continuou na região com o apoio de um helicóptero da Coordenaria Integrada de Operações Aérea (Ciopaer) e outros quatro bandidos teriam também morrido. Suas identidades não foram, ainda, reveladas.
Armamento de grosso calibre
Armamento pesado

Com os bandidos mortos, a Polícia apreendeu vários fuzis, espingardas de calibre 12 (escopetas), coletes à prova de balas, pistolas, além de muita munição e artefatos que seriam utilizados para explodir o carro-forte. Neste momento, a caçada aos demais integrantes da quadrilha mobiliza equipes da PM também da região, através do 1º BPM (Russas) e do Batalhão de Divisas.

O trecho da BR-116, no entroncamento com o Ramal Flores está interditado e equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) auxiliam no controle do tráfego

Ficha criminal de alguns já identificados
Clicar na imagem para ampliar



Nenhum comentário:

Postar um comentário