sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Juíza manda deputado João Rodrigues cumprir pena na Papuda

Dep. João Rodrigues (Foto: Divulgação)
matéria atualizada em: 20/11/18 - 18h42
por Moacir Maia

A juíza Leila Cury expediu intimação ao deputado federal João Rodrigues (PSD) para que cumpra o resto da pena de prisão, em regime semiaberto, de 5 anos e 3 meses, na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O parlamentar catarinense continua aguardando julgamento de recurso interposto no Supremo Tribunal Federal e que está sendo relatado pelo ministro Gilmar Mendes.


O processo já foi pautado várias vezes e retirado por falta de quórum.

A expectativa do advogado Marlon Bertol, que faz a defesa de Rodrigues, é que o julgamento pelo STF aconteça até sexta-feira, prazo de 72 horas para recolhimento de João Rodrigues à prisão no período noturno.

O deputado falou sobre sua situação na noite de segunda-feira, pelas redes sociais. Aguarda com expectativa o julgamento que pode livrá-lo do cumprimento da pena e viabilizar sua reeleição.


Fonte: www.nsctotal.com.br

EM TEMPO


Preso em fevereiro, o deputado João Rodrigues (PSD) foi condenado a cumprir cinco anos e três meses de reclusão em regime semiaberto pelo Tribunal Regional Federal (TRF-4), em Porto Alegre, por fraude e dispensa de licitação quando era prefeito de Pinhalzinho, no Oeste catarinense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário