quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Se culpar pelo passado é se torturar no presente

Temos visto muitas pessoas se culpando pelo passado. Se culpam por não terem namorado bastante antes de casar, se culpam porque casou com a pessoa errada, mesmo que na época do namoro brigavam com o mundo se necessário fosse e dizia que "aquela pessoa" era o grande amor da
sua vida. 

Pessoas que se culpam por não terem feito uma faculdade, porque não viajou bastante, não seguiu outra profissão diferente da atual... Se culpam por terem dedicado seu precioso tempo amando demais ou por não terem seguido o conselho dos pais quando diziam aquela pessoa não seria bom para você.

Tem gente que se culpa por não ter declarado amor a alguém que morreu, e todo santo dia fica desejando que "aquela pessoa" estivesse aqui para você fazer tudo diferente. 

Para de reclamar e se culpar. Você está apenas se atormentado, se torturando por algo que não há como voltar atrás. O passado já passou. 


Você quer um futuro diferente? Então esqueça o passado, aproveite dele apenas o que pode te servir como aprendizado. 

Não sabe como vai ser teu futuro? Basta procurar fazer diferente no presente. Arrisque nas mudanças. Decida. E se errar novamente, não tem problemas. Só acerta quem tenta, e se você não tenta por medo, aí você já errou. Não fique remoendo o passado, pois a única coisa que vai te fazer é te transformar numa caixa de doenças e uma pessoa mais amarga.

Trabalha teu presente acreditando que dessa vez vai ser diferente e você vai acertar, ou pelo menos vai errar menos. Só existe uma maneira de procurar por um futuro melhor. Basta plantar novas sementes hoje! Começando agora.
Sandro GuimarãesPublicado no site "O Pensador"
Sandro Guimarães é aracatiense; teólogo, administrador, jornalista,  apeeseaprese de televisão, músico saxofonista e membro da AAL - Academia Aracatiense de Letras

Nenhum comentário:

Postar um comentário