terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Aprovado projeto que torna obrigatória a notificação de autismo nas unidades públicas de saúde

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou o projeto de indicação, de autoria do deputado Audic Mota, que
torna obrigatória a notificação dos casos confirmados de Transtorno do Espectro Autista (TEA) pelas unidades de saúde da rede pública estadual.

Estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) indica que existam 70 milhões de pessoas com TEA  no Mundo. No Brasil, não há nenhum levantamento sobre essa incidência, mas estima-se, conforme parâmetros de pesquisas internacionais, que existam dois milhões de pessoas com o transtorno, sendo um milhão sem diagnóstico. 

“Diante disso, é necessário identificar as pessoas com o transtorno, para que haja o conhecimento de dados precisos, que devem ser considerados no momento da elaboração de políticas públicas capazes de assegurar atendimento integral qualificado nos serviços de saúde”, pontua o parlamentar.

Fonte: Diário do Nordeste
Por Roberto Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário