terça-feira, 22 de janeiro de 2019

2.300 celulares já foram apreendidos em unidades prisionais do Ceará em 2019

Segundo informações publicadas pelo jornal O POVO nesta terça-feira dia 22/01, o resultado parcial das vistorias
realizadas por agentes da SAP  - Secretaria da Administração Penitenciária, resultaram até o momento na apreensão de 2.300 de aparelhos celulares somente neste mês de janeiro em unidades prisionais do Ceará. 

O propósito da Secretaria de Administração Penitenciária é justamente impedir a comunicação entre internos e criminosos que agem fora das prisões. Resta esperar para saber se essa será uma prática corriqueira a ser utilizado tanto nas penitenciárias quanto nas cadeias públicas do estado do Ceará, pois, desde a invenção do aparelho de telefone móvel que essa prática sempre existiu, tanto para ordenar comando de crimes de dentro das prisões, como negociarem valores financeiros dos "colegas de cela" cobrando valores absurdos nesse tipo de "serviço", caso alguém tenha desejo de conversar com familiares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário