quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Zona Azul Fortaleza passa a ser somente digital a partir desta quarta (2)

A partir desta quarta-feira (2), vagas da Zona Azul de Fortaleza passam a ser vendidas exclusivamente por meio digital, através de sete aplicativos
cadastrados. O Cartão Azul Digital (CAD) custa R$ 2 e dá direito a permanência num período de 30 minutos a cinco horas, dependendo do tipo de vaga.

Para a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), a opção eletrônica possibilita um acesso seguro, evita fraudes e preços exorbitantes. O usuário deve fazer um cadastro inicial em que informa seus dados pessoais e a placa do veículo. 

Após o cadastro, o CAD pode ser pago por meio de cartões de crédito, débito ou boleto, dependendo do aplicativo. Em seguida, o usuário recebe um comprovante confirmando que o processo deu certo.

Não é necessário imprimir o comprovante ou colocá-lo no painel do veículo. Um alerta avisa ao usuário à medida que o período permitido for se esgotando, então o CAD poderá ser renovado à distância.

Quem não possui smartphone ou tenha dificuldade no acesso à internet tem a opção de comprar o Cartão nos Pontos de Vendas Credenciados (PDVs) devidamente padronizados. O agente de trânsito, por sua vez, vai dispor de um sistema que vai informar se o carro pagou pela hora de estacionamento na sua vaga.

Confira os aplicativos credenciados para a venda do CAD:

Estacionamento Digital (Empresa Serbet)

Digipare ( Empresa Areatec)

ZAE Fortaleza Digital (Empresa Serttel)

ZUL Fortaleza ( Empresa ON Tecnologia)

Zona Azul Fortaleza (Empresa Transitar)

Zona Fácil ( Empresa Necava)

FAZ - Zona Azul Fortaleza (Empresa Inova)

Nenhum comentário:

Postar um comentário